quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Grécia celebra primeiro casamento gay

Loading

O Parlamento grego aprovou a legalização da união civil de casais homossexuais no último dia 22. O prefeito de Atenas, Yorgos Kaminis, assinou a primeira ata de união civil de um casal homossexual. Na ocasião, o casal, um médico e um professor, formalizou sua união na Prefeitura da capital.

Isso aconteceu um mês depois de ser aprovada a legislação que aumentou os direitos dos casais formado por pessoas de mesmo gênero. Entretanto, o termo jurídico que dá esses direitos exclui, por exemplo, a adoção. A Grécia foi um dos últimos países da União Europeia a legalizar as uniões civis entre casais homossexuais

A aprovação dessa lei foi polêmica por causa da posição contrária da Igreja Ortodoxa, com grande influência na sociedade e no funcionamento do Estado na Grécia. Em 2013, a pressão para que o país avançasse em matéria de direitos civis aumentou, quando a Corte Europeia de Direitos Humanos tachou de discriminatória a exclusão dos casais homossexuais.