sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Calouros da UFMG poderão usar nome social

Loading

No Dia Nacional da Visibilidade Trans, comemorado hoje, 29 de janeiro, mais uma boa noticia para os transexuais de Belo Horizonte e Minas Gerais:

Depois do Cefet MG, é a vez da UFMG autorizar o uso do nome social na matrícula da Universidade. A instituição divulgou essa semana, em seu site oficial, que os candidatos aprovados na chamada regular do Sisu 2016, com ingresso no primeiro semestre deste ano, poderão fazer o requerimento do uso do nome social  durante a efetivação do registro acadêmico e da matrícula. Isso acontecerá  nos dias 25, 26 e 29 de fevereiro e os calouros devem preencher formulário que está disponível no site do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (DRCA).

A Universidade explicou também que "a apresentação do formulário na efetivação do registro e da matrícula dos calouros é um passo importante no processo de inclusão de travestis e transexuais no ambiente universitário".  A publicação do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT), que prevê o direito ao uso do nome social em instituições brasileiras de ensino, completou um ano no último dia 16 de janeiro.