terça-feira, 24 de novembro de 2015

Comunidade LGBT lamenta morte de jornalista

Loading

Na semana passada, faleceu o jornalista e militante Vítor Angelo, de 43 anos. Ele partiu no último dia 19, por volta de meio-dia devido a um enfarto. Há algum tempo,  ele vinha lutando bravamente contra a hipertensão arterial e controlando o peso, e ultimamente lutou contra uma bronquite.Vitor foi velado durante a madrugada da última quinta e enterrado na sexta-feira no cemitério do Araçá, em São Paulo. 

A comunidade LGBT lamenta a morte repentina do jornalista. Vitor é co-autor do livro “Aurélia - A Dicionária da Língua Afiada”, que apresenta palavras e expressões utilizadas no universo dos gays, lésbicas e simpatizantes. Ele também escrevia para o Blogay, coluna do jornal "Folha de S. Paulo", além de se dedicar à TV, sendo roteirista do canais GNT e SBT, como repórter na MTV e Rede TV! e chefe de reportagem da TV Bandeirantes.