quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Colômbia permite casais homossexuais adotarem crianças

Loading

A Colômbia dá mais um passo à frente em relação aos direitos LGBTs. Na semana passada, a Corte Constitucional da Colômbia  aprovou a adoção de menores para casais homoafetivos.  

A decisão foi tomada após horas de debate e uma votação finalizada em seis votos favoráveis e dois contrários. No ano passado, o alto tribunal já havia decidido pelo direito da adoção por parte de casais do mesmo sexo de menores com laços biológicos com um dos cônjuges. A nova decisão recebeu elogios de defensores dos direitos dos homossexuais no país amplamente conservador, enquanto oponentes prometeram recorrer da decisão.

A união entre pessoas do mesmo sexo (sem ser considerada matrimônio) é permitida no país desde 2007. Neste ano, a Corte também concedeu direitos aos cônjuges no sistema de saúde, pensão aos casais gays e, em 2009, consagrou seus direitos patrimoniais. 

Embora haja no país todos esses direitos, o Congresso Colombiano rejeitou em 2013 uma proposta de legalizar totalmente o casamento homossexual.