quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Atletas do esqui e marcha atlética declaram que são gays

Loading



Já é de conhecimento geral que em 2016 o Brasil sediará as Olimpíadas. O evento acontecerá no Rio de Janeiro e atrairá olhares de pessoas do mundo inteiro para o Brasil. Entretanto,  muitos sabem também que no país há no meio esportivo certa resistência em relação a atletas homossexuais.

Felizmente, isso está mudando no mundo afora. Com a proximidade do evento, atletas de outros países estão aproveitando para sair do armário e, com isso, realizando um feito grandioso em suas vidas.

No início do mês, o atleta britânico de marcha atlética, Tom Bosworth assumiu sua sexualidade durante uma entrevista a um programa da BBC. Ele afirmou que aquele era o momento certo para falar sobre o assunto e que aquilo era uma grande decisão na vida dele. Aos 25 anos, Bosworth é referência no esporte em seu país.


Na semana passada, o esquiador americano Gus Kenworthy também se assumiu. O anuncio foi feito no pelo Twitter e recebeu apoio de personalidades como Miley Cyrus. "Eu sou gay", postou Kenworthy, no Twitter, último dia 22, compartilhando a capa da revista ESPN a ser publicada ainda esta semana. O medalhista nos últimos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, que aconteceu no ano passado, foi o primeiro atleta radical a se assumir.

No Brasil, apenas mulheres tem afirmado sua sexualidade. Aex-ginasta Laís Souza, que atualmente vive em cadeira de rodas, assumiu, este ano, sua bissexualidade. Já a jogadora de vôlei de praia, Larissa afirmou ser homossexual e casada com a também atleta, Lili.