domingo, 19 de julho de 2015

Hoje é dia da Parada do Orulho LGBT de Belo Horizonte: saiba horários, orientações, esclarecimentos e trajeto!

Loading


Hoje é o dia... de quê? Da Alegria... e do orgulho LGBT! Isso mesmo! Chegou o dia: hoje, 19 de julho, acontece a 18ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte, sim a nossa querida Parada Gay de BH, organizada pela ong Centro de Luta Pela Livre Orientação Sexual (Cellos-MG).

Não vamos perder tempo, porque já temos de ir para a rua ;) Então, abaixo as informações importantes para você ir ao evento hoje: horários, trajetos e dicas de segurança ;)

Tema:
“18 anos colorindo as ruas e garantindo direitos”. 

Concentração

12h - A concentração para a 18ª Parada do Orgulho LGBT de BH iniciará às 12h, na tradicional Praça da Estação, no centro da capital mineira, onde acontece um ato-politico e cultural, com a presença de vários artistas locais, autoridades e militantes. 

Caminha – trajeto trios elétricos 

16h - iniciaremos as saídas dos trios-elétricos na Praça da Estação, os quais passarão pela rua da Bahia, subirão a avenida mais charmosa de Minas Gerais, avenida Afonso Pena, finalizando o trajeto  na avenida Professor Moraes, próxima à avenida Getúlio Vargas.

Dicas de segurança:



Esclarecimento CELLOS-MG:

Querid@s,

Gostaríamos de fazer alguns esclarecimentos sobre fatos que nos tem cobrado posicionamos do CELLOS e antes disso informaremos algumas coisas:

1 - É pratica antiga, quer seja nas paradas de BH ou de outras cidades que alguns trios custeados pela iniciativa privada cobrem para as pessoas subirem no trio ou realizem critérios e seleções diversas para a escolha dos participantes;

2 - O CELLOS não recebeu um centavo de verba pública para a realização da XVIII Parada do Orgulho LGBT de BH, todo o apoio dos órgãos públicos se deu na forma de concessão de serviços ou itens e mesmo de renuncia de cobrança de taxas e NÃO RECEBEMOS APOIO PUBLICO PARA TRIOS ELÉTRICOS;

3 - A nossa XVIII conta com 02 trios elétricos. Um trio da militância, custeado pelo apoio da Fundação Doimo e que tera entre seus participantes militantes e figuras políticas e outro trio da Aprosmig. Esse último custeado pela própria associação;

4 - Devido ao apoio histórico da Aprosmig às causas LGBTs e parcerias com o CELLOS/MG, nós não estamos recebendo recursos da aprosmig, quer seja como participação na venda de abadas ou mesmo taca de participação da parada, essa última que seria cobrada de todos da iniciativa privada.

Assim, queremos esclarecer que lutamos duro para que a Parada do Orgulho LGBT de BH mantenha seu caráter de militância e de luta porém achamos legítimo que uma entidade ou empresa diversa que coloque trio não custeado por verba pública possa realizar cobrança diversa para o custeio do trio. Não fosse isso Netflix ou diversos outros apoiadores nunca teriam colocado trio na Parada de São Paulo. O Que foi proibido lá é que trio custeado com verba publica cobre ingresso, o que concordamos e mesmo que nenhum dos nossos trios seja de origem de verba pública o trio da militância permanece aberto para acolher todos.