sexta-feira, 19 de junho de 2015

Você sabia? Brasil abriga refugiados de países no quais a homossexualidade é crime

Loading


Uma reportagem recente do jornal O Globo revelou uma curiosidade sobre o Brasil: apesar do nosso país não ter uma lei que criminalize a homofobia ou mesmo outras leis a favor da cidadania LGBT, o Brasil tem sido o país de refúgio escolhido por homossexuais perseguidos por sua orientação sexual em seu país de origem.

Os refugiados – atualmente são 17 e outros 23 estão sendo analisados – são oriundos da África e países no qual o estado se confunde com religião; e a homossexualidade possa ser punida com prisão ou pena de morte, caso de países como Camarões e Irã.

Entretanto, a reportagem relata também que, atualmente, no Brasil  seis ativistas dos direitos LGBT “vivem sob proteção por terem suas vidas ameaçadas”. Estas vítimas são dos estados do Paraná, Paraíba e Piauí. 

“Quando a polícia entrou na minha casa, entraram todos os vizinhos. Eu estava na cama e meu companheiro estava lá. Apanhei na frente de todos e havia muitos gritos de xingamentos pelo fato de eu ser homossexual. Fiquei seis meses preso e apanhei na cadeia”, relata um dos refugiados no Brasil. 

Clique aqui para ler a matéria completa.