sexta-feira, 5 de junho de 2015

Leia entrevista excluZiva com fã brasileiro da Madonna que fez a capa do single Bitch I´m Madonna

Loading
capa oficial do novo single da Madonna: Bitch, I´m Madonna feita pelo brasileiro Aldo Diaz

Madonna, há menos de 24h, atualizou suas redes sociais, incluindo a foto de perfil de seu Facebook, com a imagem acima: a capa oficial do single “Bitch, I´m Madonna”, terceira música de trabalho do disco “Rebel Heart” com participação de Nick Minaj (aliás, o videoclipe está previsto para ser lançado no dia 15 de junho).  Mas nesse curto período diversas críticas foram feitas sobre a escolha da capa do novo single, sobretudo por ser um trabalho gráfico em cima de uma foto divulgada pela mesma há poucos dias também nas redes sociais. 

A Rainha do pop and marketing deve saber o que fez, afinal, é um dos assuntos mais comentados para quem gosta de música pop. Mas o que muitos talvez não saibam é que a pessoa responsável pela arte gráfica da imagem acima, é um brasileiro. Isso mesmo! Não apenas um brasileiro, mas um fã de Madge. 

O designer gráfico Aldo Diaz
O Muza, sabendo disso, foi atrás de Aldo Diaz e conseguiu uma entrevista exclusiva com o designer gráfico de 28 anos, baiano de coração da cidade de Feira de Santana. Ele já havia adiantado que enviou nada mais nada menos que 13 opções para a própria Madonna escolher, mas só concederia a entrevista, apenas, após “a equipe dela me mandar um -email avisando o que posso divulgar”.  Sim, falem o que quiser, mas fato é que Bitch, ele, trabalhou com a Madonna! ;)

Muza - Como surgiu a oportunidade de um trabalho gráfico seu ter sido uma opção de escolha para a Madonna?

Aldo Diaz - Fazia algumas artes, sempre a marcava no Instagram e ela começou a visualizar e a “repostar” no instagram oficial dela. Algumas ela me marcava ou comentava algo sobre a arte. Um dia fiz uma parecida com a capa do single e ela disse que queria aquela ou algo parecido para ser capa do single “Bitch I´m Madonna”. Este foi o primeiro contato (há cerca de um mês).

Conte-nos um pouco mais desse processo e situação?

Depois que a marquei na foto, a assessora do Guy Oseary entrou em contato comigo através do Facebook e disse que estaria interessada em meu trabalho e que Madonna tinha adorado a foto que mandei para ela pelo Instagram. Assim, pediu meus contatos e aí começou o processo de escolha da capa do single. 

Como você ficou sabendo da escolha? Você soube antes ou apenas quando ela atualizou as redes sociais?

Eu sabia o dia que iria ser divulgado, só não sabia qual capa ela escolheria, já que mandei outras opções para ela escolher. Tinha quase certeza que ela escolheria esta que foi divulgada, porque desde o inicio ela já disse "EU QUERO ESSA".

Como você se sentiu com o resultado? 

Apesar de não ser a capa que eu queria, não tem como não ficar feliz em fazer parte da história desta artista revolucionária que é Madonna e contribuir para a fase REBEL HEART que eu tanto adoro.

Houve alguma orientação para a produção da arte ou foi livre o processo? Tipo, você tem que usar essa fonte, essa foto, essas cores...

A produção foi livre e a única coisa que pediram foi para usar as fotos do Instagram e me enviaram duas em tamanho e resolução melhor. Depois de duas semanas me enviaram mais fotos e eu pude trabalhar outras capas e espero, sinceramente, que sejam divulgadas também. 

Houve alguma intervenção dela/equipe no material final aprovado?

O material finalizado foi enviado para o departamento de arte da gravadora e lá eles passaram para Madonna e também mandei todas as capas já prontas para ela. Então, a escolha foi 100% dela.

As outras outras opções enviadas tinham relação com essa escolhida ou eram propostas diferentes?

Ao todo foram 13 capas diferentes e como recebi fotos não postadas por ela ou a equipe dela, pude fazer algo diferente e inédito da escolhida, com temas que lembrava a letra da música. Lembrando que mesmo não sendo a capa que eu queria, eu adorei a escolha dela.

O designer brasileiro Aldo Diaz foi marcado pela própria Madonna no Instagram


Você foi marcado no Instagram da própria Madonna juntamente com Beyoncé, Katy Perry e Nicki Minaj... Como se sentiu? É como a realização de um sonho? 

Olha, não sei explicar a sensação (risos), só me sinto orgulhoso e honrado de fazer parte deste trabalho. Afinal é a Madonna. Cara, é a MADONNA! (risos) E com certeza é a realização do meu sonho.

Você receberá algum pagamento pelo trabalho realizado? Financeiro ou de outra forma (um show, oportunidade de conhecê-la...)?

Bem, quanto ao pagamento não posso entrar em detalhes por motivos contratuais. Quanto ao show isto é certo e fiquei ainda mais feliz. 

Você teve acesso a imagens do videoclipe de “Bitch, I´m Madonna”, pode adiantar algo?

Sim, mas desculpe... não posso comentar nada dele :(

A foto original divulgada por Madonna  e utilizada na arte de Aldo Diaz 

Quando você começou a gostar da Madonna?

Eu comecei a gostar realmente dela em 1998 quando a vi no clipe RAY OF LIGHT na tv, eu estava na cozinha de minha casa e meu pai estava assistindo o Fantástico e o clipe foi divulgado. Eu ouvi o início da música e fui ver quem estava cantando e me deparei com uma loira de cabelos longos se contorcendo (risos) E imagens rápidas, uma voz linda e daí percebi que era a Madonna e aí começou a minha paixão por ela e não parei até hoje (risos). Eu já tinha ouvido “La Isla Bonita” dela antes, só que nunca tive interesse em saber mais sobre ela, depois de Ray Of Light Madonna está presente no meu dia a dia, seja no trabalho, carro ou em casa.  Nas músicas e clipes...

Quando você começou a fazer trabalhos gráficos sobre Madonna? 

Em 2008, eu sempre usei wallpapers dela na tela do meu computador e sempre que procurava em sites, via os mesmo e em tamanhos que não serviam. Como trabalho com designer gráfico resolvi criar os meus próprios wallpapers e fiz algumas páginas de Facebook para repassar para os fãs.

Você vê alguma possibilidade de trabalhar com Madonna novamente? A equipe deixou isso em aberto?

Coming soon (em breve) – (risos) 

Teria a algo a dizer para quem criticou ou elogiou o seu trabalho?  

Queria agradecer aos meus amigos pelas palavras e por terem torcido por mim. Queria também dizer às pessoas que estão criticando a capa, que entendam que é um trabalho e quem dá a palavra final é o cliente (No caso, a Madonna). Quando puder divulgar todas as capas feitas, vai ser um prazer mostrar que a escolha poderia ter sido outra. Quero que saibam que estou feliz e realizei meu sonho...Hoje posso dizer: “Eu faço parte da história da Madonna” e isso é o que importa. O resto são apenas comentários.