terça-feira, 26 de maio de 2015

Pesquisa revela que 20% de empresas no Brasil não contratariam gays

Loading


Para quem acha que o preconceito contra os LGBT são em alguns momentos “paranóia das minorias”, a empresa de recrutamento e seleção Elancers divulgou uma pesquisa com o espantoso resultado de que 20% das empresas no Brasil se recusam a contratar homossexuais. O levantamento foi feito junto a 10 mil empregadores. 

Segundo divulgou a revista Carta Capital, o detalhamento é ainda mais preocupante: 7% não contratariam homossexuais “de modo algum” e 11% “só considerariam a contratação se o candidato jamais pudesse chegar a um cargo de visibilidade, como o de executivo”.

Quase 20% das empresas que atuam no Brasil se recusam a contratar homossexuais. A conclusão é de uma pesquisa da empresa de recrutamento e seleção Elancers, que entrevistou 10 mil empregadores e mostrou que muitas companhias preferem rejeitar um candidato gay por temer que sua imagem seja associada a ele.

"As empresas rejeitam homossexuais para posições de nível hierárquico superior, como diretores, vice-presidentes ou presidentes porque esses cargos representam a organização em eventos públicos e a associação de imagem poderia ser negativa para a companhia... Quando falamos de escolas, as restrições a homossexuais são maiores por várias razões, mas principalmente pelo receio em relação aos pais dos alunos."

Para ler a matéria completa clique aqui, inclusive com depoimentos de pessoas que sofreram preconceito na busca de oportunidade no mercado de trabalho.