quarta-feira, 20 de maio de 2015

Confeitaria Irlandesa se nega a fazer “bolo gay” e é condenada

Loading


Parece estranho uma confeitaria ser condenada por discriminação, mas foi o que aconteceu. Um cliente queria o bolo, com as imagens de Beto e Ênio, personagens do programa infantil 'Vila Sésamo', para um evento no dia internacional de combate à homofobia. Porém um estabelecimento, na Irlanda do Norte, se negou a atender ao pedido.

Alegando suas crenças cristãs a confeitaria Ashers, que tem um nome bíblico (Aser, uma das tribos de Israel), não preparou o bolo. Durante audiência em Belfast a juíza Isobel Brownlie disse: "Os acusados discriminaram ilegalmente o demandante com base na discriminação sexual. Houve uma discriminação direta para a qual não existe justificativa”, afirmou.

Vale lembrar que a única região britânica onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é legalizado é a Irlanda do Norte. Entretanto o caso inusitado da confeitaria motivou alguns políticos a sugerir a inclusão de uma "cláusula de consciência" nas leis norte-irlandesas contra a discriminação. Pelo menos serviu para retomar a discussão desse assunto na política do país, ne!?