quarta-feira, 4 de março de 2015

Ator da série Looking critica gays afeminados, mas com repercussão pede desculpa

Loading

Quem acompanha a série de temática gay “Looking”, conhece o ator britânico Russel l Tovey, que interpreta Kevein. Em recente entrevista ao conceituado jornal The Guardian ele se envolveu em uma polêmica. Na conversa, ele agradeceu não ter se tornado um gay ou um ator homossexual afeminado:

“Eu tinha inveja de todos os que foram para a Escola de Teatro Sylvia Young. Eu queria ir, mas meu pai não deixou. Ele achava que eu iria me tornar dançarino de sapateado esquisito e sem qualificações. E ele estava certo de alguma forma. Eu estou feliz que eu não fui. Isso poderia ter me mudado… Eu sinto que eu poderia ter ficado muito efeminado, se eu não tivesse ido para a escola que eu fui, quando eu senti que precisava endurecer. Se eu tivesse sido capaz de relaxar, saltar por aí, cantar na rua, eu poderia ser uma pessoa diferente agora. Agradeço a meu pai por não ter permitido que eu descesse a esse nível. Porque isso provavelmente me deu a qualidade única que as pessoas acham que eu tenho... “Me dizem o tempo todo que eu consegui conquistar meu caminho. Que não há muitos atores que estão fora do armário e são capazes de atuar tanto como hétero quanto como gay”

A declaração de Russell teve muita repercussão negativa na comunidade LGBT munical como um todo, afinal, ser ou não ser afeminado não desmerece em nada um homossexual, além disso, poder sinalizar uma homofobia internalizada em um próprio homossexual, já que o ator é gay na vida real também. 

Mas fato é, que devido a proporção que sua declaração obteve, o ator foi ao seu twitter oficial pedir desculpas e se auto-intitulou como “o pior gay para sempre”. Ele escreveu:

“Eu me rendo. Vocês me pegaram. Estou perplexo e triste que uma citação errônea e inarticulada minha me marcou como o pior gay para sempre... Se você acha que eu, pessoalmente, deixei você decepcionado, me desculpe, essa nunca foi a minha intenção. Eu tenho orgulho de ser quem eu sou e sou orgulhoso pelos outros (gays). Estamos nisso juntos, eu quero que vocês saibam que o que vocês acham que eu quis dizer, na verdade não era a minha intenção”

E aí? Desculpado? ;)