quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Ex-ginasta, Lais Souza, diz: "eu tenho uma namorada"

Loading


“Eu tenho uma namorada, sou gay há alguns anos. Já tive uns namorados, mas hoje estou gay”, declarou a ex-ginasta Lais Souza à revista TPM. A declaração faz parte de uma entrevista que a esportista deu à publicação para falar sobre a as dificuldades encontradas desde que se acidentou.

Souza se demonstrou esperançosa quanto ao progresso do tratamento: Sei que muita gente gostaria de estar no meu lugar, por isso quero que dê certo, por mim, mas também pelos médicos, pesquisadores e por quem vai poder se beneficiar. O tratamento, feito pelo Miami Project to Cure Paralysis, consiste na aplicação de células-tronco na coluna, no qual médicos e pesquisadores depositam a esperança de ser uma revolução para casos como o dela. Em recente entrevista ao SporTV, ela disse que já tem sensibilidade em parte dos pés e das pernas.

Aos 26 anos, Laís passa pela recuperação após sofrer um acidente gravíssimo durante a preparação para os Jogos de Inverno, em 2014.

O acidente

Lais treinava para o Jogos Olímpicos de Inverno, quando chocou-se contra uma árvore e sofreu deslocamento entre a terceira e a quarta vértebras, esmagando a medula. A ex-ginasta perdeu a sensibilidade e a capacidade de se mover do pescoço para baixo, correndo risco de morte.

Passou por uma cirurgia no Hospital de Salt Lake City para realinhar a coluna e reativar a circulação para a medula. Uma semana depois, foi transferida para Miami, onde concluiu o tratamento. Após quase um ano de tratamento, ela está de volta ao Brasil de onde continua a recuperação.


por Fernando Rocha, jornalista