segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

BBB 15 já exibe momentos sutis de homofobia e transfobia

Loading


A 15ª edição do Big Brother Brasil já está no ar, causando, goste você ou não! Chama a atenção não haver nenhum participante assumidamente homossexual, mas a temática LGBT já foi pauta de entre os brother´s.

O participante Luan suspirou aliviado ao descobrir que a ex-sister Julia não era uma travesti. O gerente de salão de beleza disse ter suspeitado que ela fosse um “traveco” (palavras dele) devido a seu corpo musculoso. Alan ainda soltou um “ufa” ao final da frase.

Na apresentação do programa, o produtor cultural Fernando disse: "Hoje trabalho com homossexuais, travestis, negro, pobre, favelado e ex-detento. Trabalho em uma ONG". O carioca era coordenador de projetos esportivos no Afroreggae, organização não governamental que tem a missão de promover a inclusão e a justiça social por meio da arte, da cultura afro-brasileira e da educação.

Já o belo-horizontino Adrilles fez questão de dizer que não é gay nas entrevistas antes do programa. "Não sou gay não, viu! Tenho certas idiossincrasias, sequelas por ter sido criado pela avó e pelas tias. Fiquei meio esquisito, afeminado, mas até o momento eu gosto de mulher, pelo menos que eu sabia", afirmou o escritor.

O BBB está só no começo e promete trazer várias polêmicas. Esperamos que o preconceito seja o primeiro eliminado da casa e do comportamento dos participantes.

EM TEMPO: para os que estão interessados nos boy magia da casa... recentemente, o motoboy Douglas tirou a roupa para tomar banho, como mostra a imagem abaixo e vídeo que estão facilmente acessível na web.





Por Marcos Castro, jornalista.