quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Romance de Suzane Von Richtofen com outra detenta revela realidade homossexual em presídios

Loading


Você se lembra da ex-estudante condenada a 38 anos e seis meses por arquitetar a morte dos pais com o ex-namorado e o ex-cunhado, em outubro de 2002? Suzane Von Richtofen, que está há 12 anos na prisão é, atualmente casada com a detenta Sandra Regina Gomes. As duas moram juntas em uma mesma cela, num presídio em Tremembé, interior de São Paulo.

Segundo o jornal Folha de São Paulo Suzane, durante esses anos de reclusão, se tornou evangélica, conselheira de outras detentas, abriu mão pela herança dos pais, quer se reaproximar do irmão e até rejeitou o direito de poder sair da prisão às vezes por conta do novo relacionamento.

Para dividirem a mesma cela Suzane e a esposa Sandra Gomes - condenada a 27 anos de prisão pelo sequestro de uma empresária – assinaram um documento que reconhece o relacionamento afetivo. As duas habitam a ala das presas casadas, ao lado de oito casais.

Ainda de acordo com o jornal elas se conheceram na fábrica de roupas da prisão, onde Suzane ocupa o cargo de chefia. Tanto Sandra quanto Suzane tiveram outros relacionamentos amorosos com outras mulheres enquanto reclusas.