quarta-feira, 25 de junho de 2014

Maior igreja presbiteriana dos EUA autoriza realização de casamento gay

Loading


Mais um registro do avanço em relação à diversidade sexual e direitos civis LGBT: nos Estados Unidos, a Igreja presbiteriana americana (PCUSA) em decisão, no último dia 20, autorizou a realização de casamento entre pessoas do mesmo sexo, nos estados em que o casamento já é legalizado. 

A “recomendação” ao casamento entre homossexuais autoriza aos oficiantes a liberdade para oficializar "qualquer matrimônio que o Espírito Santo os convide a celebrar". A decisão foi feita em Assembleia Geral desta Igreja, que conta com 1,9 milhão de fiéis.

Outra mundança, conforme informa notícia do site Uol, é a seguinte mudança no livro de ofício, na qual, a partir de agora: "casamento implica um compromisso único entre duas pessoas".

Existem outras igrejas presbiterianas nos Estados Unidos, mas a (PCUSA), de origem escocesa, é a maior no país. Entretanto, outras igrejas protestantes menores também autorizaram. A Human Rights Campaign (HRC) parabenizou a atitude da Igreja.

Protesto: manifestantes da “Marcha pelo Casamento" protestaram contra a decisão na véspera. A Marcha tem o objetivo de restringir casamento a união entre homem e mulher.