terça-feira, 6 de maio de 2014

Nessa quinta em BH acontece debate sobre "Sáude, direitos e nome social"

Loading

Na próxima quinta-feira, 8 de maio, aconteceu mais  um interessante debate sobre “saúde, direitos e nome social”. Trata-se de mais uma ação do Ciclo de Debates promovido pelo Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (NUH) da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Considerando a campanha assegurada pela portaria do Ministério da Saúde 2.836, de 2011 e a Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde de 2011 e com o objetivo de reafirmar a importância do uso do nome social nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como na superação dos preconceitos e estigmas reconhecendo a legitimidade da identidade de travestis e transexuais em território brasileiro o Ciclo de debates: Saúde, direitos e nome social trará a discussão em torno do direito ao nome social que muitas vezes é negado em vários espaços. 

O evento disponibilizará, em parceria com o Ministério da Saúde / DATASUS - Departamento de Informática do SUS, uma Impressora para que as travestis e transexuais que desejarem a confecção dos cartões do SUS com o nome social. Para obter o cartão é necessário levar apenas algum documento de identificação. Serviço gratuito.

O evento terá como debatedores Cris Stefanny (Presidenta da ANTRA - Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil); Ana Gabriela Sena
(Consultora técnica do DAGEP (Departamento de Apoio à Gestão Participativa/SGEP/MS); e Dra. Nívia Mônica Silva (Promotora de Justiça e Coordenadora do CAO Direitos Humanos do Ministério Público de Minas Gerais).

Serviço
Debate “Saúde, direitos e nome social”
08 de maio de 2014, das 18:30 ás 20:30 
Local: Espaço Cento e quatro (Praça Ruy Barbosa, 104, 30160-000 Belo Horizonte)
Entrada Franca.