quarta-feira, 14 de maio de 2014

ExcluZIvo - Avril Lavigne e sua polêmica passagem pelo Brasil

Loading




Avril Lavigne retornou ao Brasil na semana passada para uma série de shows depois de sua visita em 2011. A canadense trouxe a turnê para divulgar o seu último álbum autointitulado Avril Lavigne. Nem tudo foram flores, mas a moça conseguiu deixar o rastro por onde passou.

O MuZa esteve no show de Belo Horizonte que aconteceu no Chevrolet Hall para conhecer a nova roupagem de Lavigne.  A noite foi aberta com a canção fofa chamada “Hello Kitty”. Trajando uma um terninho, um laço rosa a la K-Pop e um saia de tule repleta de carinhas da gata asiática famosa no mundo inteiro, Avril quase colocou a casa no chão com seus pulinhos energéticos e caretas adolescentes.  

Assim como aconteceu neste momento, foi notório o quanto a loira estava mais desenvolta e animada do que demonstrou em sua última passagem pelo país.  O setlist prosseguiu com ápices em canções como “Bad Girl”, “Girlfriend”, “Here’s To Never Growing Up”  e os velhos novos hits, “Complicated” e “He Wasn’t”. Mas ao cantar pela primeira vez “Falling Fast” como a música escolhida pelos belo horizontinos, em uma enquete que a moça realizou pelo twitter dias antes de sua chegada, ela  conseguiu ganhar de vez o coração de quem assistia a apresentação.

Infelizmente mesmo com toda sua presença e carisma no palco, Lavigne tem sido alvo de muita crítica na imprensa devido ao pouco “carinho” demonstrado durante os Meet and Greet que ocorreram em todas as datas brasileiras. Obviamente, pela bagatela de $300 (cerca de 800,00). Nós do MuZa já vimos outros artistas do Canadá e todos seguem o mesmo perfil: reservados e um pouco contidos em suas demonstrações de afeto. Essa é uma questão que sempre vai ser um problema, já que o brasileiro é de fato muito caloroso e moldado ao amor espontâneo por nossa cultura extremamente receptiva.  

Assim como nossa equipe, nós temos a absoluta certeza que muita gente saiu encantada com o que viu. Apesar de todos os pesares, Avril fez um ótimo trabalho para fãs de carteirinha desde 2002 até os mais atuais que pegaram a fase menos Punk e mais Pink da pequena palmito.  Veja alguns cliques feitos por esse que vos escreve e aproveite para relembrar ou morrer de raiva por ter perdido a oportunidade de ter visto essa mocinha linda e sempre jovem novamente. 

Diego Moreira é publicitário, fotógrafo e colaborador/BFF do Muza ;)