terça-feira, 8 de outubro de 2013

Travesti de barba é destaque e polêmica em festival de música na Europa

Loading


O Eurovision, festival anual de música da Europa, escolheu uma travesti com barba para representar a Áustria. Trata-se de Conchita Wurst, de 25 anos. Apesar de seu talento, a cantora tem enfretado protestos homofóbicos por parte dos austríacos devido ao seu visual inusitado: com cabelos compridos, corpo e rosto bem afeminados e de barba.

Marcado para acontecer em maio, os austríacos estão pedindo para que a produção do Eurovision mude as regras de participação para que Conchita seja impedida de representar o país. Com 40 mil assinaturas, uma página foi criada no Facebook: “Não à Conchita Wurst no concurso de música”.