terça-feira, 22 de outubro de 2013

Revista faz chamada preconceituosa e diz que Félix, da novela, irá virar homem

Loading

Talvez vocês já tenham visto na banca mais próxima de você a chamada preconceituosa e sensacionalista da revista TiTiTi: “Félix Vira Homem na Cama de Glauce”.

Ver uma chamada de revista como essa em pleno ano de 2013 soa como um retrocesso gigante e, obviamente, uma ofensa aos cidadãos LGBT e também para as pessoas próximas que convivem com as lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e transexuais. É certo que ao mesmo tempo em que vivemos em um mundo no qual a conquista dos direitos dos LGBT avança é o mesmo momento em que projetos de cura gay são criados ou projetos para permitir que religiosos discriminem gays sejam aprovados. Assim, não é possível ignorar uma simples capa de revista. É óbvio que entende-se o motivo de uma revista querer vender, chamar a atenção do leitor e se destacar nas bancas, mas para isso contribuir para o preconceito é algo no mínimo desnecessário. Ainda mais se apoiando em ideias equivocadas como a de que o gay não é homem e de que o homem não seja gay. Mas o machismo presente nesta chamada, pelo visto, é a linha editorial da publicação, afinal, vejam, abaixo, outra chamada recente da revista... lamentável! Alguns podem dizer “Valmique, mas é só a capa de uma revista de quinta categoria”. Mas é de “só” em “só” que o preconceito e a discriminação se disseminam. É uma capa de revista ali, uma piada lá... Entretanto, é interessante observar que a mesma capa de revista traz a seguinte chamada: "o emocionante casamento de Daniela Mercury e Malu Verçosa". Desta forma, reforça-se a inutilidade social desta chamada.