sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Presidente de marca de macarrão mundial fez diversas críticas aos homossexuais em entrevista

Loading


O presidente de uma das marcas de macarrão mais conhecidas mundialmente, Barilla, fez diversas declarações discriminatórias contra os homossexuais. Guido Barilla em uma recente entrevista na Itália disse que nunca usaria casais homossexuais nos anúncios de sua marca e que se os gays não gostam de sua marca que podem comprar outra.

Ele fez tais declarações ao ser sugerido a usar casais gays nas propagandas da marca. Em sua resposta ele explicou que tem um conceito tradicional de família e que esse é um dos valores fundamentais do grupo Barilla.

As declarações de Barilla tiveram repercussão mundial, inclusive com a hastag “boicotta-barilla” nas redes sociais. Diante da proporção, foi emitida uma nota oficial na qual Guido se desculpa “caso minhas palavras tenham causado mal entendidos ou ofendido pessoas sensíveis ao assunto”. Na nota, ele diz que respeitava a todos e se declara a favor do casamento gay, mas que é contra a adoção de crianças por casais do mesmo sexo.