sábado, 10 de agosto de 2013

Passageiros que estavam no mesmo voo que Feliciano cantam “Robocop Gay” para ele

Loading

Em um vídeo postado no you tube, com data de 9 de agosto, passageiros de um voo cantam para o deputado pastor Marco Feliciano (PSC) a música “Robocop Gay”, do grupo Mamonas Assassinas. Em certa parte da letra eles cantaram “Feliciano também pode, não tente disfarçar”.

O fato dos passageiros terem cantado a música para Feliciano não se tratou de uma mera provocação, mas sim de um protesto. Em um perfil no Facebook, provavelmente de uma das pessoas no vídeo, está escrito: "Voltando de Brasilia no mesmo voo que o Felicianus, claro que não deixaríamos ele ter uma viagem tranquila..... Feliciano Robocop Gay!!” . No vídeo os passageiros ainda falam: ‘Você não me representa Feliciano”; “Queridinho, minha família me aceita” e "Felciano, pode esperar, a sua hora vai chegar". 

Em seu perfil no twitter, o deputado pastor, que também é o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, postou um link do vídeo, mas alterado com o título de “Marco Feliciano | Agredido em Voo por Ativistas Gays” e no final aparece uma pergunta “Quem são os intolerantes?”. Em seu tweet, Feliciano escreveu: “É assim que eles fazem, querem respeito mas não respeitam”.

O pastor Roberto Marinho estava ao lado de Feliciano no episódio e também falou sobre no twitter: “um deles com a câmera na mão filmava, enquanto o outro esfregava o bumbum no meu braço, e também o órgão genital, rebolando e cantando... o agente federal nos pediu para identificar os arruaceiros e os levar detido, mas @marcofeliciano não quis prestar queixa e liberou eles”.

O vídeo original não foi divulgado na íntegra pelo Feliciano. Em um dos momentos uma das passageiras – pedagoga, psicóloga e educadora ambiental e artística - diz ler um artigo que fala justamente sobre o equívoco da ideia “cura gay”, que é sim uma visão deturpada do assunto.

Nós do Muza achamos uma maneira muito criativa de protesto. Foi uma ótima maneira de levar, mais uma vez, ao conhecimento do deputado pastor e de seus seguidores o quanto ele e suas ideias incomodam e não nos representam!