segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Jogador do Corinthians dá beijo “selinho” em amigo e gera reações machistas e preconceituosa de torcedores

Loading



O jogador Emerson Sheik resolveu comemorar a vitória do Corinthias por 1 a 0 sobre o Coritiba de uma maneira diferente: postou uma foto, acima, em uma rede social dando um beijo, tipo selinho, em um amigo chamado Isaac.

Diversos torcedores criticaram sua imagem na própria rede social, mas não suficiente, alguns torcedores do Corinthians levaram cartazes para fora do CT em reprovação à atitude do jogador. Os torcedores indignados levaram duas faixas, com os seguintes dizeres: “Vai beijar a PQP, aqui é lugar de homem” e “Viado não”. Entretanto, o jogador foi aplaudido pelo grupo no vestiário, antes do início da atividade.

Um dos torcedores presentes no “protesto” declarou à matéria do Globo Esporte que “Isso não é atitude de um jogador do Corinthians, e o mínimo que queremos é que ele faça um pedido formal de desculpas. Não somos homofóbicos, mas se ele quer fazer essas coisas que vá para outro clube”.

Em entrevista à TV Bandeirantes (veja o vídeo, na íntegra, abaixo), Sheik declarou que o meio do futebol é machista e que tais reações é fruto de um “preconceito babaca”, entretanto fez questão de dizer: “Quero deixar bem claro que se alguém se sentiu desrespeitado, desculpa”. O jogador ainda esclareceu: “ Ele é um queridão, a esposa está grávida de nove meses. E daí a galera levou para o lado errado. É um preconceito babaca. Tenho enorme respeito pelo torcedor do Corinthians. A página que postei tem foto minha dando selinho no meu filho. A Hebe beijava todo mundo. A brincadeira foi exatamente para abordar um assunto polêmico. Esse sou eu fora de campo. Para mim, é algo tão natural que não quero mais falar sobre isso - disse o jogador.