sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Cellos-MG organiza manifestação para julgamento dos acusados de assassinarem bailarino gay

Loading

O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos-MG) está organizando uma reunião amanhã, às 15h, em sua sede, para planejar uma manifestação em razão do julgamento da morte do bailarino homossexual Igor Xavier, vítima de homofobia, que será realizado na próxima terça-feira (27), no Fórum Lafayete, em Belo Horizonte.

Igor foi assassinado em 2002 por homofobia em Montes Claros (MG), com cinco tiros à queima roupa, pelo zootecnista Ricardo Athayde Vasconcelos, e seu filho, Diego Rodrigues Athayde. O julgamento já foi adiado três vezes e pai e filho seguem em liberdade.

A intenção da Cellos é organizar um ato contra a impunidade e a homofobia. A sede da ONG fica na Av. Afonso Pena, 867 (Edifício Acaiaca), sala 2207, Centro.