terça-feira, 16 de julho de 2013

ExcluZivo – presidente da ABGLT faz relato sobre encontro com a presidenta Dilma

Loading
Carlos Magno, presidente da ABGLT, está próximo à bandeira, vestre preto e usa óculos.
 
Em 28 de junho de 2013, a presidenta Dilma se reuniu pela primeira vez com representantes do movimento LGBT. O encontro também foi marcado pelo simbolismo, afinal, 28 de junho é considerado o Dia Mundial do Orgulho LGBT. No encontro, estava presente o presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Carlos Magno. Abaixo, você pode ler um relato excluZivo dele ao Muza sobre o encontro:

O encontro teve a participação de 14 representantes de entidades nacionais LGBT e eu, fui representando a ABGLT.  Houve seis falas, divididas nos seguintes tópicos:

- Toni Reis - Saudação e significado simbólico do encontro

- Janaína Oliveira, vice-presidenta do Conselho Nacional LGBT, iniciou a análise de conjuntura.

-Léo Mendes- ARTGAY- completou a análise de conjuntura

-Cris Staffany, presidenta da Associação de Travestis e Transexuais (ANTRA), falou sobre a situação de exclusão e violência das travestis e transexuais.

-Rose, da Liga Brasileira de Lésbicas, falou das conquistas que já tivemos e a situação atual

- Eu fechei as falas fazendo as exigências.

A presidenta se sensibilizou com as falas. Falou que é contra a discriminação, preconceito e violência aos LGBT. Ela também defendeu o estado laico. Ela também observou que é preciso ter dados sobre a violência e melhorar os equipamentos de coletas de dados na saúde, segurança pública e nos “Disque 100”.

Foi um momento historico. Nós, do movimento LGBT, tivemos, pela primeira vez, a oportunidade de falar pessoalmente sobre nossos problemas, como a violência homofóbica, com a presidência da república. Além disso, exigimos uma pauta de reivindicações. Achei importante aquele momento. Agora, é esperar para as ações de promoção a cidadania LGBT e o enfrentamento à homofobia sejam realizados no país.