quinta-feira, 27 de junho de 2013

Nos Estados Unidos lei é alterada e casamento também significa união entre pessoas do mesmo sexo. Veja vídeo comemorativo da Google e depoimentos de Madonna, Alanis, Britney Gaga e Obama

Loading

Ontem, quarta-feira, 26 de junho foi um dia histórico para os LGBT nos Estados Unidos: a Suprema Corte do país invalidou uma lei federal que definia casamento somente como união entre um homem e uma mulher. 

Segundo o G1 a 'Defense of Marriage Act' (DOMA, Lei de Defesa do Casamento), que o tribunal considerou inconstitucional, negava aos casais do mesmo sexo nos Estados Unidos os mesmos direitos e benefícios garantidos aos casais heterossexuais... casais do mesmo sexo e casados legalmente em 13 dos 50 estados e na capital Washington DC tenham acesso aos mesmos benefícios federais que os casais heterossexuais.

E teve mais: com a queda da DOMA a Prop 8, que proibia casamento no estado da Califórnia, também perdeu a validade. 

Celebridades se manifestaram nas redes sociais e comemoraram a decisão, dentre elas: Madonna, Alanis Morissette, Britney Spears, Lady Gaga e o presidente Obama:

“Que ótima maneira de começar o meu dia! Estou com sorriso de orelha à orelha! Há um DEUS! A justiça foi feita! Aleluia!” – Madonna

"Que dia incrível! Aqui  para o resto da América, seguindo o terno mais rapidamentepossível! Grande abraço” – Alanis Morissette, juntamente com a imagem acima

“Nós fomos longe hoje. #DomeStruckDown Tantos lutaram por tanto tempo. Tenham orgulho, o preconceito agora é a minoria” – Lady Gaga

“A Decisão DOMA hoje é um passo histórico para #CasamentoIgualitário #AmorÉAmor” – Presidente Barack Obama

"Feliz e orgulhosa com a decisão da Suprema Corte ontem #Igualdade #AmorÉAmor" - Britney Spears 

O Google também se manifestou, com o belo vídeo abaixo, que traz diversos trechos de imagens pertinentes. A música é “Same Love” de Macklemore e Ryan Lewis com participação de Mary Lambert, que tem um vídeo igualmente belo sobre o amor entre pessoas do mesmo sexo, que você também pode/deve ver na sequencia.  Ai ai... aprende Brasil! Aprente Feliciano e Cia!