segunda-feira, 3 de junho de 2013

Diminuição de público e Daniela Mercury são destaque na Parada Gay de São Paulo

Loading



Ontem, domingo, 2 de junho aconteceu a tradicional (podemos chamar assim?) Parada Gay de São Paulo. A 17ª edição teve como tema tema "Para o armário, nunca mais!".

O destaque este ano, mais uma vez, foi o público. Mas desta vez, não os milhões, mas a diminuição dele. 

Segundo pesquisa Datafolha, o número de participantes do evento caiu de 270 mil registrados no ano passado para 220 mil, uma redução de 18,5%.

A Folha.com divulgou uma série de infográficos, que você pode ver abaixo, que revelam curiosidades, como  orientação sexual e escolaridade do público, assim como, o total de público que ficou durante toda a parada e o público que “entrou e saiu”. 

O ápice, segundo tal pesquisa, foi o show da Daniela Mercury, que aconteceu por volta das 15h. Segundo o site A Capa, Daniela disse em seu discurso, além de ter cantado “O canto dessa cidade” e “Pérola negra”: 

“Se a gente não vai para a rua dizer que não quer certas pessoas na Comissão de Direitos Humanos, não vai tirar ele (Feliciano) de lá. A gente já tirou um presidente da República. Não é possível que o governo brasileiro continue mantendo pessoas que não nos representam".

Para alguns, como o antropólogo Luiz Mott, do Grupo Gay da Bahia, a chuva atrapalhou: “É uma pena, mas a chuva atrapalhou". O ativista Toni Reis o que importa é “a qualidade e não a quantidade”. 

FOTO: Cesar Soto/Folhapress  e Flavio Moraes/G1, respectivamente