terça-feira, 21 de maio de 2013

Parada do Orgulho LGBT de BH 2013 será em novo dia. Saiba todas as informações!

Loading


O Muza já havia adiantado o tema e data da XVI Parada do Orgulho LGBT de BH, mas a organização alterou a data (14 de julho ao invés de 21 de julho) e já deu início aos preparativos. Este ano a Parada será mais especial que as anteriores, pois, além de sua temática poder ser considerada como uma das mais relevantes discussões de 2013, haverá uma quebra de tradição em relação à data do evento. 

O tema deste ano será “Estado Laico: sua religião não é nossa lei!” Segundo Andréia Michaelsen, uma das organizadoras do evento: “A laicidade do Estado é uma das principais bandeiras que têm sido levantadas por todo o Brasil. Os fatos protagonizados pela bancada fundamentalista do Congresso Nacional apenas reforçam a importância desta discussão, mostrando a todos que o Brasil não possui apenas uma única crença, mas uma pluralidade que deve ser respeitada.” diz Michaelsen.

Além da Parada, acontece, de 15 a 20 de julho, a IX Semana BH Sem Homofobia, uma semana intensa de atividades que terá na sua programação: mostra de filmes, seminários, cerimônia de premiação aos apoiadores da causa LGBT e festas. A semana, que nesta edição ocorre após a Parada, conta com a parceria de vários órgãos do poder público local, sindicatos, Conselho Regional de Psicologia, Conselho Regional de Serviço Social, universidades e entidades que atuam na defesa dos Diretos Humanos e LGBT.

Sobre a nova data

O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais – CELLOS-MG, entidade responsável pela organização da Parada do Orgulho LGBT de BH, para esta edição, alterou a data da Parada que, tradicionalmente há 15 anos, acontecia no terceiro domingo de julho.

Militante do CELLOS – MG e um dos organizadores da parada, Raphael Vieira explica o porquê desta mudança: “Durante os encaminhamentos burocráticos, fomos informados de que haverá um evento na Praça da Estação no dia 21 de julho. O nosso coletivo ponderou sobre os prós e contras da alteração da data e percebemos que, ao inovar neste ano, transformando a Parada num grande evento anterior à IX Semana BH Sem Homofobia, poderíamos potencializar a divulgação e o impacto social e político dessa semana de atividades e reforçar o aspecto engajado da Parada de BH, que é considerada uma das mais politizadas do país”, explica Vieira.

O militante esclareceu que os eventos da Semana culminarão com a já tradicional Cerimônia de Entrega do Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT de Belo Horizonte, na qual o CELLOS-MG, em conjunto com diversas entidades, pretende lançar um manifesto em defesa do Estado Laico.