quinta-feira, 11 de abril de 2013

Eleições 2014? Dilma diz que Brasil “respeita a diversidade e é contra a discriminação” e Senador Aécio Neves diz ser contra Marco Feliciano e a favor do casamento gay

Loading


As eleições para a presidência da república no Brasil é apenas no próximo ano, mas, obviamente, a campanha política, de uma forma ou de outra, já começou.  E pelo visto, o público LGBT do Brasil pode estar, ou não, no interesse dos principais candidatos:

Apesar das óbvias razões políticas, é de se estranhar que a presidenta Dilma Roussef não tenha se pronunciado, ainda, sobre o deputado pastor Marco Feliciano como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Além disso, também tivemos a visibilidade das declarações de Joelma da banda Calypso e a revelação de Daniela Mercury viver um relacionamento com outra mulher...  

.... mas fato é que, na últma sexta-feira, em seu discurso na inauturação da Arena Fonte Nova, em Salvador, Dilma, sutilmente, abordou a diversidade em suas falas. A presidenta disse:

“Eu quero dizer para vocês que o Brasil é um país, hoje, com uma democracia consolidada. Uma democracia que respeita a diversidade, que é contra a discriminação"

"Um país que sabe que é capaz de lutar pela superação da pobreza tem de lutar pela superação de todas as formas de discriminação"

"Eu sempre destaco, quando me refiro à discriminação, a questão do acesso das populações marginalizadas, o problema das cotas raciais e sociais às universidades. Queria dizer que este país só é respeitado no cenário internacional porque ele se respeita e, por isso, talvez sejamos o país que melhor utilizou o crescimento econômico para elevar o padrão de vida de sua população."

Infelizmente é aquém do que realmente queremos ouvir da presidente, principalmente quando pensamos em presidentes como Barack Obama, que, por exemplo, divulgou a imagem abaixo em suas redes sociais recentemente, enquanto a corte dos Estados Unidos debatia a legalidade do casamento gay no país.

Será que ela falará algo mais consistente? Mas como dizem... “é o que tem pra hoje”.



Na oposição, literalmente,  o senador Aécio Neves (PSDB/MG), forte candidato à presidência do país pelo partido, concedeu entrevista à Folha de São Paulo, publicada no último domingo, e respondeu diretamente sobre dois assuntos que nos  interessa:  a polêmica sobreo deputado pastor Marco Feliciano e a legalização do casamento gay.Abaixo, o trecho:

O que você acha da polêmica em torno do pastor Feliciano (PSC/SP), na Comissão de Direitos Humanos da Câmara?
Eu acho que deixaram isso ir longe demais. Ele mostrou ser um sujeito totalmente despreparado, independentemente de suas convicções. Ele está fazendo um grande marketing pessoal, as pessoas não compreenderam isso ainda. Criaram um problema que agora vão ter de desatar.

É a favor da união civil gay?
Eu já me manifestei mais de uma vez. Sou a favor. É a realidade do mundo moderno, ninguém é contra a realidade do mundo. Isso já foi. Respeito quem tem posição divergente, lamento apenas que a pauta da Câmara esteja concentrada nisso.

Pois bem, fiquemos atentos... não só aos candidatos à presidência, como os demais. Ou seja, 2014 não vai ser (mesmo) só Copa do Mundo! ;)