sexta-feira, 22 de março de 2013

Hillary Clinton declara apoio ao casamento gay (veja o vídeo)

Loading


Nesta semana, a luta pelo casamento gay ganhou mais uma forte aliada, a democrata e ex-secretária de Estado Hillary Clinton. “Eles são cidadãos plenos e iguais e merecem os direitos de cidadania. Isso inclui o casamento”, afirmou Hillary em vídeo, que você pode ver abaixo na íntegra. Esta foi a primeira vez que ela falou sobre o tema após deixar o governo Obama.

Ela ainda explicou que o fato de se relacionar com homossexuais a fez mudar de opinião. “Como muitos outros, meus pontos de vista têm sido modificados através dos tempos por pessoas que conheci e amei, por minha experiência representando o país no cenário mundial, minha devoção à lei e aos direitos humanos e os princípios que guiam a minha fé”, declarou. Quando foi primeira-dama, ao lado de Bill Clinton, nos anos 1990, a democrata não apoiava o casamento gay. Em 2008, ao se candidatar à presidência dos Estados Unidos, Hillary era a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas contra ao casamento.

Vale lembrar que, recentemente, o senador Rob Portman, de Ohio, se tornou o único republicano com uma cadeira no Senado a se declarar a favor do casamento gay. A posição do republicano mudou após descobrir, há dois anos, que o filho Will era gay. Desde então, Portman tem conversado com várias pessoas, com seu pastor e com o ex-vice-presidente Dick Cheney, cuja filha é lésbica, mas só agora decidiu declarar sua nova posição.

Segundo uma pesquisa feita pela TV ABC e pelo jornal Washington Post, 58% dos americanos dizem apoiar a união civil. Em 2004, esse percentual era de 32%. Para os pesquisadores, o casamento gay tem conquistado mais apoiadores devido ao endosso de artistas e políticos, como Obama, Madonna e Hillary Clinton.