quarta-feira, 27 de março de 2013

França: nova manifestação contra casamento gay e inédita contra Marco Feliciano

Loading


Pelo visto, não é apenas no Brasil que os homossexuais estão vivendo “momentos delicados”... 

Pela segunda vez em 2013, cerca de 300 mil franceses contra o casamento gay organizaram um protesto nas ruas do centro de Paris, no último domingo. Vestidos de rosa, os manifestantes confrontaram as forças de segurança, que disparavam gás lacrimogêneo, e gritaram slogans contra François Hollande, presidente do país.

Com sua maioria parlamentar socialista, Hollande prometeu até junho legalizar a união civil entre pessoas do mesmo sexo e a adoção de crianças por homossexuais. A questão volta a ser discutida no Senado em abril.

Entre os cidadãos contra o casamento gay, estão, em sua maioria, os líderes religiosos da França, que alegam a adoção por homossexuais provocaria problemas psicossociais para as crianças.

Em janeiro, como o Muza havia relatado, uma multidão de franceses também foram para as ruas se manifestar contrariamente à lei.

EM TEMPO:  brasileiros residentes nas cidades de Berlim e Paris se reuniram, no último sábado, para pedir a saída do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) do cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos. Sob frio intenso, em Berlim, cerca de 80 pessoas de diferentes nacionalidades participaram do protesto, que aconteceu em frente ao Portão de Brandemburgo. A manifestação foi organizada por brasileiros através do Facebook

Com informações de Estadão