quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Morrissey diz que mais homossexuais no mundo evitariam guerras

Loading


“As guerras, os exércitos e as armas nucleares são passatempos essencialmente heterossexuais”, declarou o polêmico e controverso cantor Morrissey ao site norte-americano “Rookie”, nesta quarta-feira. 

Para o músico britânico, a guerra é o aspecto mais negativo da heterossexualidade, assim, se houvesse mais homossexuais no mundo não haveria guerras. “Os homens que amam outros homens jamais matariam uns aos outros, mas os homens heterossexuais adoram matar outros homens. Eles até ganham medalhas por isso", completou.

O músico, que está na Califórnia, faz hoje em San Diego o seu show de retorno aos palcos após se tratar de uma úlcera. Ao falar sobre quais artistas recomendaria aos seus fãs, o ex-líder dos Smiths, uma das bandas mais emblemáticas bandas britânicas dos anos 1980, alfinetou astros da música pop. “Quer se trate de Beyoncé ou Justin Bieber, vemos cantores que não têm absolutamente nada a oferecer a alguém”, opinou.

Morrissey também é conhecido pelo seu forte ativismo ao vegetarianismo e defesa dos direitos dos animais.

Clique aqui para ler a entrevista completa com Morrissey ao site Rookie, aliás, a ilustração acima foi divulgada lá e foi feita por Minna.

Vamos aproveitar e lembra o show que Morrissey fez em BH há quase 1 ano? Clique aqui para ler resenha exclusiva