quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

França: casamento gay começa a ser debatido no país e ganha apoio da população

Loading



Mesmo após milhares de pessoas terem ido às ruas de Paris protestarem contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo – como você pode saber aqui, inclusive com o depoimento excluZivo de um brasileiro que estava no paísno último domingo, cerca de 400 mil parisienses saíram às ruas a favor do casamento igualitário. Os manifestantes carregavam cartazes onde se lia “Eu milito pelos direitos de todos”, “Pela igualdade agora” e “Mais vale um casamento gay que um triste”. 

Promessa de campanha do presidente François Hollande, o projeto de lei que pretende permitir a união entre pessoas do mesmo sexo vem gerando manifestações na França. Apoiado pela esquerda, partido de Hollande, o projeto começou a ser debatido nessa semana pela Assembleia Nacional francesa sob muita tensão. 

Os debates na Câmara Baixa do Parlamento francês devem durar por duas semanas. A oposição de direita apresentou 5 mil emendas, entre elas, a proibição da adoção de crianças por parte de casais homossexuais. 

Contudo para que a lei seja aprovada é necessária passar pela Assembleia e pelo Senado, que em ambos, a esquerda tem maioria. “Uma lei será votada e por ampla maioria”, ressaltou o primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault.

Em pesquisa publicada pelo instituto Infop no sábado, 63% dos franceses são favoráveis ao casamento igualitário. Mas quando o assunto é adoção, apenas 49% apoiam. Para tanto, na última hora, o governo decidiu retirar do texto a possibilidade de adoção, mas promete debater o tema a partir de março.

Imagens: Thomas Samson/AFP e Reuters, respectivamente.

Com informações do G1