sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Filme com Daniel Radcliffe como poeta gay terá distribuição maior (ator falar sobre cena de sexo)

Loading

Como o Muza já havia adiantado para você, há quase um ano, o ator Daniel Radcliffe (o eterno Harry Potter?) irá interpretar o poeta gay Allen Ginsberg no filme “Kill Your Darlings”. 

Felizmente, o filme, que é uma produção independente, conseguiu muitos elogios após estreia no festival de Sundance e, com isso, foi comprada pela Sony Pictures Classics para ter uma distribuição maior. 

Alguns críticos tem dito que sua atuação neste filme, que inclui cena de sexo com outro homem, é fundamental para distanciá-lo de Harry Potter: “Todo mundo quer ter uma obra o mais diversificada possível, e é isso que mantém as pessoas interessadas na sua carreira", declarou o ator à Reuters. 

Sobre a cena de sexo gay, Radcliffe revelou como foi à gravação ao E! Online: "Foi algo novo. Mas sabe o quê? Nós fizemos a cena em, provavelmente, uma hora e meia, em um ritmo muito veloz. Eu, na verdade, nem tive tempo para parar e pensar e me preocupar em relação a isso... Nós conseguimos conversar e nos conhecer um pouco no set, o que eu acho importante quando você faz uma cena tão íntima assim. Você tem de sentir que ambos estão nisso juntos"

Para a MTV News ele observou não entender por que a cena de sexo homossexual tem gerado tanto comentário: "Isso é algo muito estranho para mim, porque vemos sexo hétero a todo momento. E nós já vimos cenas de sexo gay antes. Não sei por que uma cena de sexo gay seria mais chocante que uma hétero", argumentou.

A história do filme - que ainda não tem previsão de lançamento e é dirigido por John Krokidas - mostrará a vida de três famosos escritores da geração Beatnick, na década de 50: Ginsberg, Jack Kerouac e Lucien Carr. Este último foi acusado por matar seu amante, David Kammerer, em 1944.