terça-feira, 6 de novembro de 2012

Jornal destaca papel da população LGBT nas eleições dos EUA

Loading

People! Na noite de ontem, o jornal da Globo, exibido pela Rede Globo, destacou a importância da população LGBT nas eleições presidências dos Estados Unidos.
 
Na matéria de Elaine Bast, é destacado que cerca de milhões de americanos se definiram como homossexuais, bissexuais e transsexuais, segundo pesquisa. O papel deles é considerado importante não tanto pelo número, mas, sobretudo, pelo ativismo e engajamento políticos.
 
A reportagem também mostra o antagonismo dos candidatos em relação aos direitos LGBT. Recentemente, o presidente Obama declarou: "Para mim, pessoalmente, é importante seguir e afirmar que casais do mesmo sexo devem poder se casar". A posição é oposta a do candidato republicano Mitt Romney. “O casamento é uma relação entre um homem e uma mulher", afirma.
 
A matéria ainda ressalta que, apesar de serem uma parcela pequena da população, os homossexuais são considerados mais engajados, porque dedicam mais tempo, energia e dinheiro para as campanhas políticas. Segundo analistas políticos, ter o apoio dos homossexuais, especialmente em uma eleição apertada como esta, pode ser a diferença entre ganhar ou perder a presidência do país.
 
Clique aqui para ver a matéria que foi ao ar.
 
Vendo a reportagem fico me perguntando quando que no Brasil a população LGBT irá se posicionar dessa forma? Se tornar relevante politicamente? Estamos caminhando nessa direção? Se não, o que devemos fazer? Perguntas, perguntas... aguardemos as respostas!
 
Para saber sobre a imagem do Obama que ilustra essa imagem, clique aqui