quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Hoje, em BH, serão exibidos filmes de Almodóvar e de temática lésbica na II Mostra de Cinema Espanhol e Latinoamericano

Loading



Como sabem, acontece em BH a II Mostra de Cinema Espanhol e Latinoamericano. São 50 filmes, incluindo curta-metragens, em mais de 100 sessões. O local de exibição é o Usiminas Belas Artes. A entrada é franca e ainda haverá palestras, concerto, exposição e um concurso cultural de crítica cinematográfica.

Hoje destacamos os filmes abaixo que serão exibidos na temática “Gay Espanhol – Universo Lésbico”, “Pedro Almodóvar” e “Homenagem a Ana Katz”. Abaixo, mais informações e horários de exibição desses filmes hoje. Clique aqui para saber a programação completa.

LATINO 2012 – II Mostra de Cinema Espanhol e Latino-americano
Data: 23 a 29 de novembro
Local: Usiminas Belas Artes – Rua Gonçalves Dias, 1581 – Lourdes
Entrada franca, vagas limitadas. Os filmes serão legendados em português. Haverá distribuição de ingressos 30 minutos antes de cada sessão.

Sala 01 às 14h15 – filme “Kenia y su família” (2005, Espanha – direção Llorenç Soler):  A experiência de vida de um casal de mulheres, Julia e Aida, que depois de oito anos juntas decidem ter um filho engendrada por uma delas. O processo começou há quatro anos quando Julia vai a uma clínica especializada para ser submetida a uma inseminação artificial, com resultados negativos e finaliza com o nascimento de Kênia e sua apresentação na família. Um processo nada fácil, pois a partir da primeira inseminação seguiriam mais três com o mesmo resultado. Depois de dois anos de reflexão e repouso Julia e Aida decidem encontrar o pai biológico de seu círculo de amigos, cujas qualidades pessoais iria satisfazer a ambos. Julia comenta com um amigo e colega de trabalho, Francesc. Este pensa sobre o assunto e generosamente aceita a proposta das meninas. Mas não é tão simples: Francesc é gay e tem um parceiro, Luis, que tem um relacionamento estável por quase 20 anos.


Sala 01 às 21h – filme “Una novia errante” (2006, Argentina – direção Ana Katz): Inês é abandonada pelo namorado ao começo de uma viagem para o balneário fora de temporada. No momento de descer, Inês fica sozinha; é abandonada pelo seu namorado. Começa umas curiosas enquanto tenta recuperar ao homem que ama.


Sala 02 às 14h – filme “Abraços partidos” (2009, Espanha - Pedro Almodóvar): Há 14 anos, o cineasta Mateo Blanco (Lluís Homar) sofreu um trágico acidente de carro, no qual perdeu simultaneamente a visão e sua grande paixão, Lena (Penélope Cruz). Sofrendo aparentemente de perda de memória, abandonou sua posição de cineasta e preservou apenas seu lado escritor, cujo pseudônimo é Harry Caine. Um dia, Diego (Tamar Novas), filho de sua antiga e fiel diretora de produção, sofre um acidente e Harry vai a seu socorro. Quando o jovem indaga sobre seus dias de cineasta, o amargurado homem revela detalhes marcantes de sua vida e do acidente.




Sala 02 às 19h45 – filme Lengua Materna” (2010, Argentina  - direção: Liliana Paolinelli):  Uma mulher fica sabendo que a sua filha, que tem quase os 40 anos de idade é gay. A mãe tenta entender as regras de um mundo que não conhece, enquanto a filha, que está atravessando uma tormenta emocional, vê o interesse da sua mãe como uma intromissão. Os roles se invertem e é a filha quem deve aceitar à mãe que tem.


Sala 03 às 16h15 – filme "Eloise" (2009, Espanha - direção: Jesús Garay):  Asia, uma garota de 18 anos, está no hospital em estado de coma. Sua mãe e seu namorado, Nathaniel cuidam dela. Pouco a pouco iremos vendo os acontecimentos que levaram a Asia até o hospital, suas relações com sua mãe, suas amigas e seu namorado, e, sobretudo, com Eloïse, uma enigmática garota que a introduzirá em um mundo de novas sensações. Com ela, Asia reviverá um doloroso episódio de seu passado, que sua mãe não está disposta a que apareça a luz. Finalmente, e enfrentando a todos, Asia lutará para ser feliz em sua relação com Eloïse.


Sala 03 às 21h30 – filme “El Juego de la silla” (2003, Argentina - direção Ana Katz): Victor, que mora no exterior, deve viajar para seu país de origem enviado pela empresa onde você trabalha e terá apenas um dia para ir visitar sua família que fará de tudo para honrá-lo nessa breve estadia. Nesse momento, ocorrem mudanças dramáticas e toques de humor e até profundas solenidades, dentro do tradicional e querido entorno doméstico.