quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Estados Unidos: Obama cita gays no discurso de reeleito e 3 estados aprovam casamento entre pessoas do mesmo sexo

Loading



Os Estado Unidos parece viver um momento favorável às questões LGBT. E como é uma das maiores potências do mundo, onde todos prestam atenção, é ótimo para todos os LGBT como um todo.

Primeiro, o presidente friendly, Barack Obama, foi reeleito. Mostramos aqui a importância da comunidade LGBT local para a reeleição do candidato. Para tanto, Obama parece não ter esquecido disso e citou os gays no discurso:

“America, eu acredito que nós podemos construir o progrese, nós lutamos e continuamos lutando por novos empregos e novas oportunidade e segurança para a classe média. Eu acredito que nós podemos manter a promessa de nossos fundadores, a ideia de que se você trabalha duro, não importa quem você seja, de onde veio ou o que você gosta ou onde você ama. Não importa se você é negro ou branco, hispânico ou asiático ou natural dos EUA, jovem ou velho, rico ou pobre , gay ou hétero, você pode fazer isso na América se estiver disposto a tentar”.

Clique aqui para ler e ouvir o discurso de Obama na íntegra.

O Muza sempre atento nas questões LGBT mundiais, não só de BH, também chamou sua atenção para os referendos em relação ao casamento gay em quatro estados dos EUA: Maryland, Maine, Washington e Minessota. Votações populares que aconteceram no mesmo dia e momento das eleições presidenciais. Felizmente, três estados aprovaram o casamento gay: Maine, Maryland e a capital Washington, por 54%, 52% e 522% respectivamente.  Em Minessota, foram 51% contra e 48% a favor.

O casamento gay, que não é reconhecido em nível federal, já era autorizado nos Estados de Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire, Nova York, Vermont e no distrito de Columbia.

Com informações do G1