sábado, 27 de outubro de 2012

Samantha Carpinelli e Dani Morais, conhecidas de BH, estão no The Voice Brasil

Loading


Bem pessoal, está rolando desde setembro, o reality show musical The Voice Brasil, veiculado pela TV Globo. O programa busca descobrir uma voz que se torne a nova voz do Brasil. Entre os participantes, há duas cantoras que devemos ficar de olho, pois se tratam das cantoras e compositoras talentosíssimas Dani Morais e Samantha Carpinelli, bastante conhecidas do público belo-horizontino, principalmente, do público gay/gls. 

Samantha, em entrevista excluZiva ao Muza, declara que este “é um público muito fiel, que me acompanha há muitos anos e tem um carinho enorme por mim e pelo meu trabalho”. Cantora desde os 16 anos, Samantha, 30 anos, que é de Teófilo Otoni, nunca havia participado de outro reality do gênero, mas decidiu se inscrever no The Voice Brasil após forte apelo dos fãs. “Fiz a inscrição no The Voice Brasil por incentivo dos fãs e amigos. Pesquisei sobre o programa e percebi a seriedade do mesmo, onde o foco é realmente a voz e a musicalidade”, conta.

Muito feliz por ter sido selecionada através de um vídeo, que foi enviado durante a inscrição, ela explica o quão é importante essa boa recepção do público. “Estar no palco do The Voice é uma grande emoção, e o carinho do público é a melhor parte disso tudo. O retorno foi imediato, recebi mensagens e manifestações de tanta gente que isso tudo ainda é uma surpresa pra mim. Essa experiência é única. Só estando lá pra saber exatamente como é”, diz.

Apesar de possuir facilidade para interpretar diversos gêneros musicais, em sua apresentação, na primeira fase do programa, o famoso "teste cego", no qual os técnicos têm apenas a voz do candidatocomo referência para escolhê-lo, a cantora escolheu a canção “Nuvem deLágrimas” da dupla Chitãozinho e Xororó para enfrentar o júri. Segundo a participante, a opção foi, sobretudo, por ser o sertanejo o estilo com o qual trabalha atualmente com a Maria Bunita, uma banda de sertanejo universitário feminina, que está prestes a lançar o primeiro CD. Então, a princípio, esperava ser fisgada pelo técnico Daniel. Mas garante: fazer parte do time do Lulu é uma grande honra! “Sou super fã do Lulu, é o técnico que eu mais admiro. Se mais algum técnico virasse, acho que eu, ainda assim, escolheria o Lulu”, completa.



Apesar de o The Voice ainda estar longe do fim, e, finalmente, conhecermos o vencedor, Samantha confessa que só de ter chegado aonde chegou já valeu pela troca de experiência e pelo crescimento profissional. “Já estou realizada por estar aonde estou, mas quero chegar o mais longe que eu puder”, afirma empolgada.

Já há um mês no ar, neste domingo, 20, o reality entrou em sua segunda fase, na qual duplas do mesmo time são formadas para disputarem uma vaga no programa. Nem a Dani Morais, nem Samantha se apresentaram ainda na nova fase. “Muita novidade bacana ainda está por vir. Continuem acompanhando o The Voice Brasil. Tem muita emoção pela frente”, adianta Samantha.

quem quiser conferir de perto o talento da teófilo-otonense basta ir ao site oficial de sua banda, a Banda Maria Bunita, pra ter informações sobre shows.

Então, a nós, só nos resta aguardamos os próximos passos dessas candidatas queridíssimas e torcermos. As duas possuem uma página no facebook, onde vocês podem conhecer um pouco mais sobre elas e acompanhar as novidades.

EM TEMPO: A equipe do Muza tentou contato a cantora Dani Morais, que também é presença marcante na cena GLS de BH, mas até o fechamento dessa matéria não tivemos retorno. Clique aqui para ver o "teste cego" de Dani Morais. Ela foi escolhida por Daniel.

colaboração do jornalista Fernando Rocha