quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Estilista Ronaldo Fraga inaugura exposição sobre seu trabalho em BH

Loading


O renomado estilista mineiro Ronaldo Fraga, após completar 35 coleções reúne parte de seu repertório na exposição “Caderno de Roupas, Memórias e Croquis”. A mostra foi inaugurada na última terça-feira, 9 de outubro, e ocupará por dois meses a futura Casa Fiat de Cultura, no Circuito Cultural Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. A mostra ficará em cartaz até o dia 09 de dezembro de 2012, em Belo Horizonte, e depois deve seguir para outras capitais brasileira

Entre croquis, material gráfico, vídeos e roupas serão ao todo nove ambientes, em instalações que, mais que convidar a um mergulho no universo e no processo criativo deste multi artista, provoca várias análises da moda como um vetor de reafirmação e apropriação cultural. O viés tecnológico fica por conta da existência de um aplicativo para smartphones. Com ele, os convidados terão a oportunidade de captar imagens através de croquis e de deslumbrar-se com as possibilidades da moderna “realidade expandida”.

“Moda é interpretação de texto e contexto social, histórico, econômico e cultural. Moda é técnica, textura, cores, tecidos e negócio. Mas, para mim, moda é antes de tudo a transformação do olhar por meio da escrita pessoal do indivíduo nas suas escolhas do vestir”, comenta Ronaldo Fraga.

O visitante poderá explorar 9 ambientes na exposição. São eles: 01-Vídeo de apresentação: síntese do universo e proposta da mostra. 02-Álbum de família: registros gráficos do ofício e memória do estilista. Personagens das coleções de braços dados com personagens reais.03-Jogo de esconde-esconde e desconstrução de personagens: função da moda. 04-Parque de diversões das coleções: árvores da infância que geraram desenhos, que se transformaram em roupas e que foram dependuradas no varal da memória. Roupas fantasmas de antigas coleções. Aqui os bancos trazem vestígios — memória gráfica das coleções. 05-Moda como biografia: ícones da literatura, música e artes visuais como fontes de pesquisa. 06-Para onde a moda me levou: aqui o caixeiro viajante é o próprio estilista, que expõe fragmentos de pesquisas e desenvolvimento de várias coleções. 07-Uma alusão ao desfile Corpo Cru: silhuetas de madeira num patchwork formado por estampas de várias coleções. 08-Gabinete de variedades com objetos inspirados nas coleções: fragmentos do universo do estilista lado a lado com vários elementos, produtos e imagens que ilustram a trajetória de Ronaldo Fraga. 09-Espaço Costela de Adão: dedicado à coleção cujo objeto de pesquisa foi a cerâmica do vale do Jequitinhonha, que completa dez anos em 2013. Aqui, o barro que dá forma à ancestralidade de uma das regiões mais pobres economicamente e mais ricas culturalmente aparece como fonte para uma coleção de moda.

Serviço
“Ronaldo Fraga – Caderno de Roupas, Memórias e Croquis” | 09 de outubro a 09 de dezembro de 2012 | Local: futura Casa Fiat de Cultura – Praça José Mendes Júnior s/n – Lourdes – Circuito Cultural Praça da Liberdade | Funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 21h e aos domingos, das 10h às 18h. Segunda não abre; funcionamento normal nos feriados. | Entrada: gratuita | Agendamentos grupos/visitas guiadas: [31] 3239-2014.