terça-feira, 12 de junho de 2012

ColunaZs – “Vírus, inversão, namorados...”

Loading


Eu poderia falar de sexo, mas não vou.

Eu poderia falar de namoro, mas não vou.

Eu poderia falar da nova música da Valesca, mas não vou.

Como bem sabem, Domingo (10) aconteceu a Parada Gay de São Paulo. Sempre recebemos todos os tipos de resposta, mas uma chamou a minha atenção.  A Folha publicou, no painel do leitor, o texto 'ser hétero não será politicamente correto'.  É difícil acreditar que o texto seja sincero, e não uma grande piada.

Segundo o texto fazemos “apologia ao homossexualismo” (já corrigiram para ‘homossexualidade), diz que héteros serão discriminados, que a heterossexualidade será imoral.

Só o uso de “ISMO” já nos caracteriza como doentes. Então talvez a para não seja para fazer apologia, ou imoralizar a heterossexualidade, talvez seja para espalhar o vírus gay, transformar todos em gays. Afinal, ser hétero é errado. OH, WAIT!

É como Wanda Sykes disse em um de seus especiais, “Eles (preconceituosos) tem medo de que a minoria faça com eles o que fizeram com a minoria” “Não é preconceito invertido que eles tem medo. O nome, do que eles tem medo, é carma”.

Desde quando um grupo deve ser marginalizado para que o outro possua seus direitos? Queremos nossos direitos, respeito, igualdade. Mas para isso o direito de ninguém deve ser ferido. Não buscamos um inversão, buscamos um nivelamento.

Ah, e para o dia dos namores (hoje), que tal espalhar um pouco de amor por aí? Essas pessoas precisam de uma aquecida no coração (e no **).  Que tal aproveitar esse dia? Sai de mão dadas, troque carinho, CARINHO, em público. Vá para um jantar romântico, tenha uma noite de tirar o folego! Tá solteira? Tenha uma noite de tirar o atraso!

* Becha Má é twittera toda trabalhada no veneno purpurinado. The Bicth sasys: follow my ass!