terça-feira, 1 de maio de 2012

ColunaZs – “Ponto.B: Relacionamentos”

Loading


Olá, queridíssimos e queridíssimas! Hoje é dia de ponto.b, dia da Tia falar de sexo e relacionamento. Como devem ter notado, o tema hoje é relacionamento... Veio esperando sexo? A Tia tem vários textos.

Sim, vou fazer a linha expert em relacionamentos e te dar mil conselhos... Só que não. Como sempre, aqui ficará registrada a minha opinião. Não sou nenhum modelo, especialista, ou qualquer coisa quando o assunto é relacionamento. Também acho que não tem receita, e nem manual, mas acho alguns ingredientes essenciais. E você pode contar pra tia, e pro mundo, o que você achar, só comentar ali embaixo.

Primeiro de tudo, que tal descontruir a ideia do titulo? Qualquer relacionamento pode durar, como pode não durar. Não é o sexo dos envolvidos que define o tempo, e sim o comportamento.


Agora que você já superou isso, espero eu, vamos falar de algo mais polêmico e que diz respeito a todo relacionamento. Ciúmes... Muitos consideram essencial ter pelo menos um pouco, eu acho o contrário. Não estou dizendo para você fechar os olhos e deixar o bophe solto pelo mundo, não pode radicalizar também. Eu, Becha, Tia, dando meu pitaco, acho que confiança é uma das coisas mais essenciais em qualquer relacionamento. Não quero ficar com alguém que não posso confiar, mas também não ficarei cega de tanta confiança. O ciúme me parece falta de autoestima e confiança, passa a ser irracional. E se você quiser saber se o gato é fiel, tem que ter o mínimo de raciocínio pra descobrir. Talvez o ciúme mereça um texto só pra ele, pra discutir com mais cuidado.

O ciúme, e muitos casos, deixa de proteger a relação e acaba a encurtando. E falando em encurtar... Se não for bom de cama, não vale nem começar a relação. Você quer um namorado e não um aluno.  E não, o amor não compensa tudo. Tenta falar isso depois de 3 meses sem uma transa de qualidade. Vale lembrar que você também tem que ser bom de cama né. Por favor.

O que mais? Que tal parar de cagar regras pra relacionamentos? Você vai guiar o seu da maneira que achar mais adequada. Experiências são importantes. Nós temos muitas anos para nos apaixonar, desapaixonar, namoras diversas pessoas. Vai viver, querida! Fique um tempo solteiro, um tempo namorando, experimente diferentes tipos de relacionamento.

No fim das contas só existe uma única regra: Se ame primeiro.

*Becha Má é twittera toda trabalhada no veneno purpurinado. The Bitch says: follow my ass!