quarta-feira, 14 de março de 2012

Casal gay na novela Fina Estampa? Crô e Baltazar devem ficar juntos

Loading



Bee! Via O Tempo On Line Crô (Marcelo Serrado) e Baltazar (Alexandre Nero) vêm demonstrando, a cada capítulo de "Fina Estampa" (Globo, às 21h), que existe mais sentimento entre eles do que só ódio e repulsa. Na verdade, as brigas de cão e gato que eles vêm vivendo podem se transformar em cenas de muita cumplicidade.

Aguinaldo Silva, autor da trama, não revela o desenlace dos personagens,mas confirma: algo em Baltazar está desconcertando o mordomo. "Crô o viu pelado, e isso mexeu com ele, que descobriu que pode sentir algo por seu desafeto".

Mais um indício de que os dois vão se apaixonar surgirá em breve, com o fim do casamento do motorista. Após uma crise de ciúme, ao chegar em casa e dar de cara com Pezão (Marcelo Brou) beijando a mão de Celeste (Dira Paes), Baltazar vai dar um soco na mulher, mas, com a ajuda do vendedor, desta vez ela tirará o marido de casa.

Sem rumo, ele vai ser acolhido por ninguém menos do que Crô, e eles dormirão juntos, mesmo com a decisão do mordomo de se afastar do motorista por conta do que vem sentindo nos últimos capítulos.

A torcida do público é grande para a união do casal. "Acho que os dois conquistaram o público pelo humor, pelas cenas engraçadas. Na rua, os telespectadores vêm me dizer que torcem para que eles sejam um casal, o que é bacana, já que estamos falando de dois homens", comemora Marcelo Serrado.

Na enquete promovida no site de Aguinaldo para saber quem seria o amante secreto de Crô, Baltazar venceu disparado. "Todo mundo quer ver o machão mudando de lado", comenta Silva.Sobre os muitos amantes de Crô, as pistas apontam ainda para uma terceira pessoa: Ferdinand (Carlos Machado), que deve morrer na última semana. "O fim amoroso dos personagens é meu maior mistério", diz Silva.

EM TEMPO: o autor da novela, Aguinaldo Silva, usou seu Twitter para mais uma revelação sobre "Fina Estampa" e o casal gay: o mordomo vai ficar arrasado porque Tereza Cristina (Christiane Torloni) fugiu e o deixou para trás. Ele vai se trancar no armário dela e dizer que não quer mais sair de lá. Marilda (Katia Moraes), a empregada da casa, comentará com Baltazar: "Já vi bicha sair do armário, mas entrar, foi a primeira vez". Nessa hora, o motorista subirá até o quarto e surpreenderá Crô ao dizer para ele: "Sem você aqui fora, a vida não tem a menor graça". O mordomo sai do armário e chora nos braços de Baltazar. Aguinaldo Silva disse ainda que no fim da novela, Crô vai criar uma ONG (Organização não Governamental) chamada Centro de Assistência ao Homossexual Pintoso, que, segundo o personagem, será destinada a homossexuais discriminados por outros gays.