sábado, 18 de fevereiro de 2012

Divulgado relatório sobre discriminação e violência contra LGBT em 2011

Loading


People! Anualmente, como já é sabido, o Grupo Gay da Bahia (GGB), divulga seu relatório anual com o levantamento de assassinatos contra LGBT´s do Brasil. Em 2011, foram registradas 282 ocorrências de discriminação com base na orientação sexual: de insultos até agressões físicas, passando por ameaças. Os registros foram feitos a partir de informações divulgadas na imprensa. Do total de ocorrências, 87 foram são referentes à violência física.

De acordo com o levantamento, os gays correspondem a 77,6% das vítimas, seguidos dos travestis, 12,7%, e as lésbicas com 9,5%.

Sobre as regiões brasileiras mais homofóbicas, segundo o levantamento, em primeiro lugar estão a Sudeste e Sul (67%), Nordeste (18%) e Centro-Norte (14%). Entretanto, o próprio relatório ressalta que, como ele é baseado em informações divulgas pela imprensa, há um número maior de veículos de comunicação no Sul e Sudeste. Sobre os estados, São Paulo está em primeiro, seguido de Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia.

Entre as formas de discriminação mais recorrentes, a praticada por órgãos e autoridades governamentais (19,5%); seguido da discriminação religiosa, familiar e escolar (10%).

Ainda nesse mês de fevereiro está previsto a divulgação do relatório do GGB sobre assassinatos contra homossexuais.