terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Livro resgata história de publicações brasileiras voltadas ao público gay

Loading




People! Via O Tempo Online em matéria de Danilo Toledo Muito se fala, nos dias atuais, sobre o destaque atribuído pela imprensa a questões relacionadas ao universo LGBT. Pouco se conhece, entretanto, sobre as publicações independentes que, em meados dos anos 1960 e 1970, abriram caminho para que essas discussões chegassem à sociedade. É com o objetivo de retomar essa história e acompanhar seus desdobramentos que a jornalista mineira Flávia Péret lança o livro "Imprensa Gay no Brasil".

Conforme conta a autora, a ideia do livro surgiu em 2009, como um desdobramento de sua pesquisa de mestrado sobre a representação dos travestis na literatura brasileira. "Durante a pesquisa, fiquei conhecendo um pouco da história do “Lampião da Esquina”, um jornal gay com uma postura editorial supercombativa e revolucionária que existiu na época da ditadura militar no Brasil", explica.

Curiosa em relação ao mesmo contexto histórico, Flávia inscreveu um projeto de pesquisa na primeira edição do programa Folha Memória, voltado à memória da imprensa brasileira.

"O que fiz no livro foi tentar dar um pouco de linearidade para uma história feita de tantos fragmentos e iniciativas isoladas, mas todas importantíssimas do ponto de vista político e dos direitos dos gays", resume a pesquisadora, que percebe dois momentos distintos na trajetória da imprensa gay brasileira.

"Nas décadas de 1960 e 1970, essa imprensa era mais militante e, a partir da década de 1990, torna-se muito mais ligada ao consumo", compara.

Quando convidada a comentar a atual cobertura da mídia geral em relação ao universo LGBT, Flávia esboça críticas bastante contundentes. "Em certo sentido, existe uma imparcialidade e uma objetividade ao tratar os temas relacionados à homossexualidade que, às vezes, não contribuem para o debate e, principalmente, para a diminuição do preconceito", lamenta.

Alguns dos títulos citados na Livro são:
´O Snob´, ´Os Felinos´, ´La Femme´, ´Little Darling´, ´Gente Gay´, ´Chana com Chana´, ´Um Outro Olhar´, ´Nós Por Exemplo´, ´Femme´, ´Mix Brasil´,´Sui Generis´, ´G Magazine´, ´Junior´ e ´Dom´.