terça-feira, 31 de janeiro de 2012

ColunaZs – “[NSFW] Ponto.B – Felação + Técnica bônus”

Loading



Este texto não é seguro para o trabalho. E se você tem menos de 18, já sabe...

Ok, se acalme. Não é um passo a passo, isso não existe na hora do sexo. Nada melhor do que pratica, ok? Aqui vou dar algumas dicas, uma óbvias e outras nem tanto. E se você conhecer todas, parabéns!

As dicas serão mais para a vuvuzela do que gerais. Tessálias não são minha especialidade, mas o CSV tem ótimas dicas. Lá também tem algumas dicas para um bom boquete.

Bora cair de boca.

Primeira coisa, muito importante, mesmo. Você vai encontrar isso em praticamente todo texto sobre o assunto. TEM QUE TER VONTADE DE CHUPAR. Simples assim, sem rodeios.

Cuidado com os dentes! A não ser que a pessoa sinta prazer com mordidinhas. Mas pra ir sempre na direção certa, afaste-os do pênis. Algumas pessoas cobrem os dentes com os lábios, se isso ajudar e não comprometer o trabalho, go for it!

Dar lambidas na glande e passar a língua por todo o membro são quase básicos. E são ótimos para começar a sessão.

Pênis não é árvore de natal e as bolas não são enfeites. Uma atenção especial a elas é sempre bom. Uma mãozinha, uma lambida, beijos e em alguns casos até chupadas (cuidado, a região é muito sensível. Você sabe, né?). Claro que pentelhos afastam a boca daquela região, por motivos óbvios. A região da virilha toda é válida, só não se esqueça que o pênis ali é rei.

Garganta profunda é uma técnica que dá muito tesão em muita gente. Complicada. Que saber como faz? Google. Não consegue colocar tudo pra dentro? Normal. Tem mãos? Use! Complemente a ação com suas mão, o foco principal da boca é sempre a glande (cabecinha). E mais uma dica, a glande responde a fricção, ao movimento, já a base responde a pressão (não exagere).

Outra muito repetida, mas que vale sempre falar. Dê aquela olhadinha pra ele durante o processo, nos olhos. Também vale trocar a boca pela mão, dar uns beijos e depois voltar. Espontaneidade meus amores, conta muitos pontos.

E dar uma apimentada, pode? Bom, misturar a brincadeira com certos alimentos pode ser divertido. Temos o clássico Halls preto, que gera uma sensação maravilhosa. Halls e água também são ótimos, só colocar a bala na boca e tomar uns goles de água. Manter um pouco de água gelada na boca também é ótimo, mas sem exagero. Esfriou demais o brinquedo, já sabe o resultado.

Falando em água, já pensou em fazer debaixo dela? Só se você conseguir um bom resultado, obviamente. De nada vale um festishe sem uma boa execução.

Posições são as mais variadas e vai da hora. Você pode fazer só para aquecer ou para que ele chegue ao orgasmo. Ah, cospe ou engole? Você decide!

Existem muitas outras dicas, quem sabe faço uma parte 2. Se vocês quiserem...

BÔNUS

Essa é para deixar a pessoa louca. Mas fique atenta ao que quem recebe diz!

Funciona da seguinte forma, você simplesmente continua o trabalho após o orgasmo e a ejaculação. Não pare, continue – gentilmente, de leve - mesmo com ele ficando flácido em sua boca, continue até que ele fique ereto e goze novamente. Isso quantas vezes ele aguentar. Ou seja, ESCUTE. O pênis fica mais sensível, em alguns casos dolorido, após o orgasmo, então tenha mais cuidado. Para a maioria das pessoas, principalmente nas primeiras vezes que tentam isso, o segundo orgasmo é o limite. Nunca conheci ninguém que passasse do terceiro. O prazer e a dor se misturam cada vez mais, a sensação é intensa. OUÇA SEU PARCEIRO!

Em alguns casos só mais uns 5 a 15 minutinhos após a ejaculação já são suficientes e geram grande prazer.

Logico que nem tudo funciona em 100% dos casos. Mas dos casos que tenho conhecimento, essa técnica é 100% de satisfação.

*Becha Má é twittera toda trabalhada no veneno purpurinado. The Bitch says: follow my ass!