segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Revista brasileira traz os 10 gays mais poderosos no mundo empresarial

Loading

People! A conceituada revista nacional volta ao mundo dos negócios, Exame, fez uma lista com nada mais nada menos que “10 poderosos homens de negócios gays". Trata-se de uma relação de empresários bem sucedidos que são gays declarados.

Antes de mostrar a lista, a revista diz que: “é claro que ainda há muito o que melhorar no ambiente corporativo. Mas os dez homens listados a seguir são um exemplo de que isso é possível”.

O destaque e número 1 é Tim Cook (foto acima), que está no comando da Apple no lugar de Steve Jobs. Em 2010, Cook foi eleito o gays mais poderoso dos Estados Unidos segundo a conceituada e badalada revista gay gringa Out. “Sua ascensão mostra que as empresas começam a derrubar os preconceitos e a valorizar o que realmente importa: a competência e a capacidade das pessoas para gerar resultados”, explica a revista Exame.

Abaixo, você pode conferir o Top 10 completo. No site da revista há mais detalhes sobre os escolhidos. Só uma curiosidade, que a revista não explicou: o número 5 é atualmente casado com a estilista Diane von Fürstenberg “mas isso não o impede de estar entre os dez gays mais poderosos dos Estados Unidos”. Seria ele bi? "ex-gay"? A revista não dá detalhes.

1 - Tim Cook, CEO da Apple
2 - Peter Thiel, criador do PayPal
3 - Giorgio Armani, estilista e ícone da moda
4 - Rich Ross, presidente dos estúdios Disney
5 - Barry Diller, fundador da Fox
6 - James Hormel, presidente de uma das maiores empresas de carne processada do mundo.
7 - David Geffen, fundador dos estúdios Dreamworks
8 – Tim Gill, criador do programa de computador QuarkXpress
9 – Jann Wenner, fundador da revista Rolling Stone
10 – Robert Hanson, vice-presidente exexutivo da Levi's