quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Deputado Jean Wyllys é o Che Guevara gay? Para revista brasileira, parece que sim.

Loading



Bee! Acima você pode ver uma foto emblemática do ex-BBB e deputado federal (PSOL-RJ), Jean Wyllys, para a badalada revista Rolling Stone brasileira. A alusão a Che Guevara não é meramente estética e não só para cauZar. Na matéria, Jean é citado como “um daqueles fenômenos inesperados e necessários da política que, em um futuro não muito distante, serão assunto recorrente da literatura e do cinema” e “m apenas um semestre de mandato, Jean Wyllys já é provavelmente o mais autêntico e influente porta-voz do movimento gay do Brasil”.

Exagero? Merecido? Fato é, que,s em dúvida, Jean é um dos destaques LGBT na política. Na matéria, o próprio sabe do seu valor: “Eu sei que já escrevi meu nome na história, mesmo que este seja meu único mandato... O deputado Clodovil não oferecia perigo, compreendeu? O problema é chegar aqui e reclamar por direitos".

Uma das ações recentes de Jean Wyllys foi divulgar uma nota pública ao prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, acerca da aprovação da Câmara Municipal da cidade sobre o Dia do Orgulho Hétero, já que o deputado não consegui uma data na agenda do prefeito para uma conversa. Abaixo, você pode ler um trecho. Clique aqui para ler na íntegra.

“Diante de tal conjuntura internacional, caro prefeito Gilberto Kassab, qual não seria o retrocesso brasileiro caso vossa excelência sancione a lei aprovada pela Câmara de São Paulo. O Dia do Orgulho LGBT (assim como o Dia da Consciência Negra ou o Dia da Mulher) correspondem a políticas públicas que visam construir a equidade por meio de um tratamento desigual para os desiguais e, ao mesmo tempo, contrapor os discursos que historicamente posicionam os homossexuais (assim como os negros ou as mulheres) como subalternos e descartáveis, destruindo sua autoestima”.