terça-feira, 7 de junho de 2011

Novela traz personagem em conflito por ser gay e debate homofobia (veja os vídeos!)

Loading





Bee! Ontem a novela Insensato Coração trouxe mais cenas debatendo a homossexualidade e a homofobia. Primeiramente, como podem ver acima, o personagem Eduardo, papel de Rodrigo Andrade, revelou estar confuso com sua sexualidade em uma conversa com Alice, papel de Paloma Bernardi. Na conversa, ele revela que sempre sentiu atração por “caras” desde quando era mais novo, mas achou que isso passaria com o tempo ou quando encontrasse a mulher certa. Alice, o o aconselha a ter calma e diz que ele não precisa ter medo de ser feliz, caso ele seja mesmo gay.

Na sequencia, literalmente, é exibida uma cena no quiosque de Sueli, mãe de Eduardo na história e papel de Louise Cardoso, conhecido como um point gay. Na cena, ela, um de seus funcionários e um cliente, ambos gays na trama, discutem a violência em razão da homofobia. Nas falas, chegam a citar dados do Grupo Gay da Bahia relativa a assassinatos contra gays, lésbicas, travestis e transexuais no Brasil. O funcionário comenta sobre a situação de um amigo que foi agredido e o cliente, que é advogado, o aconselha a denunciar. Abaixo, você pode ver a cena completa. Ahazô!

O conflito de Eduardo e a homofobia continuarão na trama da novela. Hoje, por exemplo, haverá uma cena na qual Eduardo ouve sua mãe conversando com uma amiga sobre a violência contra gays, na qual ela deseja não ter um neto gay pelo sofrimento que pode ser a vida deles ("E eu, que gosto tanto dos meninos lá do quiosque, me peguei rezando para não ter neto gay... Fico com medo do pobrezinho sofrer. A vida deles não é refresco, não", diz Sueli na cena que vai ao ar hoje).