segunda-feira, 16 de maio de 2011

Casais gays do Brasil reconhecem suas uniões homoafetivas, após decisão do STF. Veja relação. BH já teve seu primeiro registro

Loading



People! Após 10 dias do reconhecimento da união homoafetiva no Brasil pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no último dia 5 de maio, que reconheceu aos casais homossexuais os mesmos direitos legais/jurídicos das uniões heterossexuais, diversos pares foram aos cartórios de todo o país oficializar suas uniões. Abaixo, o Muza traz para você alguns destaques.

- O primeiro casal a reconhecer foi Toni Reis e David Harrad, na segunda-feira, 9 de maio. Toni é o presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (ABGLT) e há 21 anos vive junto com David. Os dois receberam nada mais nada menos que uma ligação do ex-presidente Lula parabenizando-os e desejando felicidades. Sobre a ligação, Toni declarou: “"Foi o parabéns mais emocionante que recebi em toda minha vida. Este é o cara". Eles registraram a união estável no 6º Tabelionato de Curitiba (PR).

- O segundo casal a registrar a união foi Leo Mendes e Odílio Neto, também no dia 9 de maio. Leo é ativista da ABGLT e está junto com Odílio há um ano. Eles registraram união estável no cartório Francisco Taveira, em Goiânia (G0).

- 50 casais no Rio de Janeiro poderão oficializar juntos suas união estáveis no dia 10 de junho. A iniciativa está sendo realizada pela Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro em parceria com a a Defensoria Pública, como parte da campanha “Rio Sem Homofobia”. Os casais que não têm condições de pagar a taxa para o registro de união homoafetiva, em torno de R$ 200, poderão apresentar atestado de pobreza e receber a isenção do pagamento. Cada casal terá o direito de levar cinco familiares. Legal né?

- Em Belo Horizonte, o primeiro casal a oficializar sua união estável homoafetiva é formado por duas mulheres, uma de 41 anos e a outra de 42. As duas preferiram ficar anônimas. Elas reconheceram a união na última sexta-feira, 13 de maio. Elas estão juntas há sete anos e disseram que tudo ocorreu sem muita burocracia e rápido. Discretas, ela comemoram com um jantar íntimo, só entre as duas, e não fizeram cerimônia.

- O primeiro casal de Minas Gerais a oficializar a união estável homoafetiva é formado por Joel Peixoto e Marcelo de Melo, de Uberlândia. Os dois estão juntos há 20 anos. Abaixo, você pode ver uma reportagem sobre a união dos dois.