segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

De Ariadna do BBB à modelo Lea T: uma reflexão sobre o Dia Nacional da Visibilidade de Travestis e Transexuais

Loading

People! 29 de janeiro é considerado o Dia Nacional da Visibilidade de Travestis e Transexuais. A data foi instituída em razão de uma campanha desenvolvida pelo Ministério da Saúde, como parte do programa DST/AIDS em 29 de janeiro de 2004, voltada aos trans intitulada “Travesti e Respeito”. Em um ano que começou com a participação de Ariadna no BBB 11 e com a modelo Lea T nas passarelas do São Paulo Fashion Week (as duas estão na foto acima e são brasileiras), 2011 parece ter iniciado bem para a visibilidade L da sigla LGBT!


Lea T já declarou que jamais participaria de um reallity show porque em nada ajudaria aos transexuais. Já Ariadna ao ser eleminada do programa, após uma semana, disse que sentia orgulho de ser a primeira transexual a participar do Big Brother Brasil.

Em outra esfera, sabemos que o Sistema Único de Saúde do Brasil já realiza operação de mudança de sexo e que há até um decreto em Belo Horizonte que permite que travestis e transexuais da cidade utilize seus nomes sociais nas escolas municipais.

O Muza, inclusive, elegeu como um dos 10 momentos mais gays e inspriadores de BH em 2010 o documentário feito pelo projeto Educação Sem Homofobia que mostrou um pouco da história dos travestis e transexuais da cidade.

Entretanto, segundo relatório do Grupo Gay da Bahia sobre assassinatos contra homossexuais no Brasil em 2010, 32% dos 250 crimes teve como alvo os travestis.


Com toda a compelxidade em si, o Muza compartilha abaixo o poema/texto “História de Todas Nós”, de autoria de Rafael Menezes. Quem já teve a oportunidade de vê-lo declamado – como eu – sabe que é emocionante!

EM TEMPO: Lembrado que hoje (segunda-feira, 31 de janeiro), em BH, acontece o debate “Direitos Humanos e Cidadania Trans: Acessando Políticas Públicas”. O evento acontece às 18h no auditório do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais - RP-MG, um dos parceiros na realização do Debate. Endereço: Rua Timbiras, 1.532, 6º andar, Lourdes. A entrada é franca. Clique aqui para saber a programação completa.

Poema "História de Todas Nós"
de Rafael Menezes

Eu sou o avesso do que o Sr. sonhou para o seu filho. Eu sou a sua filha amada pelo avesso. A minha embalagem é de pedra, Mas meu avesso é de gesso. Toda vez que a pedra bate no gesso, me corta toda por dentro. Eu mesma me corto por dentro, só eu posso só eu faço. Na carne externa quem me corta é o mesmo que admira esse meu avesso pelo lado de fora. Eu sou a subversão sublime de mim mesma. Sou o que derrama o que transborda da mulher. Só que essa mulher sou eu, sou o que excede dela.

Ou seja, eu sou ela com um plus, com um bônus. Sou a mulher que tem força de homem, que tem o coração trabalhado no gelo. Que pode ser várias, uma em cada dia da semana. Eu tenho o cabelo que eu quiser a unha da cor que eu quiser. Os peitos do tamanho que eu quiser, e do material que puder pagar. O que eu não trocaria por uma armadura medieval, uma prótese blindada talvez. A prova de balas, a prova de facas. Uma prótese dura o suficiente para me proteger de um tiro e maleável o suficiente para ainda deixar o amor entrar.


Bailarina troglodita de pernas de pau. Eu fui expulsa da escola de dança e aprovada em primeiro lugar na escola da vida. Vestibular de morte, na cadeira da “bombadeira”, minha primeira lição. Era a pele que crescia e me dava a aparência que eu sonhava. Conosco, a beleza e a morte andam de mãos dadas.


No mesmo trilho de uma vida marcada por dedos que apontam ate o fim da existência.


Na minha esquina. Sim, aqui as esquinas têm donos. A noite, meninas como eu ou como outra qualquer, usando um pedaço de tecido fingindo ser uma saia, brincos enormes, capazes de fazer uma mulher comum perder o equilíbrio e um salto de acrílico de altura inimaginável, que a faz sentir-se inatingível. Ela merece uma medalha.


Para um carro, um homem ao volante que deixa em casa sua mulher, e quer ser mulher, ate mais feminina que nós talvez. Porque dessa vez os litros de silicone, os cabelos tingidos, os brincos enormes, o saltos altíssimos não impressionaram a ele. Seu desejo é pelo que ela não mostra nas ruas, ela vai ter que se ver como homem mais uma vez. E a vida segue. Muitas morrem, outras nascem cada vez mais novas. E assim elas vão, desviando dos tiros, esbarrando no preconceito, correndo da polícia. Mas sempre com um batom nos lábios, um belo salto nos pés e na maioria das vezes um vazio no coração.

Ela não precisa de redenção.

*Texto e compilação feitos por Valmique

Integrante da boy band New Kids On The Block revela ser gay

Loading

Bee! Isso aí! Depois de Ricky Martin (ex-Menudo) e Lance Bass (ex-NSYNC), mais um integrante de boy band revelar ser homossexual. Desta vez, trata-se de Jonathan Knight, integrante do New Kids On The Block, que teve seu auge nos anos 90 mas continua na ativa.

Knight revelou ser gay após uma cantora chamada Tiffany, ter dito em uma entrevista na TV que havia saído com ele durante algum tempo nos anos 90 até descobrir que ele era gay.

Em uma espécie de resposta-desabafo o cantor utilzou uma área restrita do site oficial da boy band para esclarecer:

“Eu não fui 'revelado' por ninguém além de mim mesmo. Eu fiz isso vinte anos atrás e nunca achei que teria que fazer isso de novo... Eu tenho vivido minha vida de forma muito aberta e nunca escondi o fato de eu ser gay. Mas aparentemente o pré-requisito para ser uma figura pública gay é aparecer na capa de uma revista com a frase 'Eu sou gay'".

Em 2009, o Muza chegou a noticiar um flagra de Jonathan Knight no mó carinho com um outro homem. Homem este, que afirmou ter tido um relacionando com ele. Na época, Jonathan não se pronunciou sobre o assunto.

Uia! Mexe com quem tá quieto! E agora? Será que algum Backstreet Boy sai do armário? Brinks! ;)

Fonte: Folha On Line

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Capa de revista com Elton John, seu companheiro e filho é censurada em loja dos Estados Unidos

Loading

People! Como sabem, o cantor Elton John e seu companheiro, David Furnish, constituíram uma família com a chegada do filho Zachary, em dezembro de 2010. Como todo casal de celebridade, a nova família foi parar na capa de uma revista do seguimento. Assim, como podem ver acima, a edição recente da revista US Weekly trás os três na capa. Fofo né? Mas nem tudo são flores...

A rede de lojas Harps, dos Estados Unidos, censurou a capa da revista em suas unidades com os dizeres “escudo familiar” “para proteger as ciranças”. Veja abaixo a imagem censurada.

Segundo informa a Folha On Line, a empresa declarou que tomou essa decisão após receber uma série de reclamações de seus clientes. "Isso não representa a nossa opinião neste assunto. Nós não temos uma opinião", afirmou um representante da rede. Segundo um comunicado publicado no site da rede, o caso foi reavaliado e a proteção familiar já foi removida. Hum!

Veja as novas propagandas (bem gays) dos salgados Doritos

Loading



Bee! Acima e abaixo, você pode ver as novas propagandas dos salgadinhos Doritos. Como podem ver, são vídeos, digamos... hum... bem afetados! Há! ;) Na verdade, fazem referências aos homossexuais com humor e malícia. Algo bem diferente da propaganda do Doritos no Brasil em 2009, lembram?

Pois bem, as propagandas acima e abaixo estão sendo veiculadas, até o momento, somente nos Estados Unidos. Aliás, algumas TV´s locais não estão exibindo-as por causa do conteúdo. Será que chega no Brasil? Aguardemos!

Letra da música “Born This Way” de Lady Gaga exalta orgulho LGBT

Loading

Bee! Aos poucos a ansiedade para a nova música da Lady Gaga vai diminuindo (ou aumentando). Lady Gaga divulgou pelo twitter a letra de “Born This Way”. Trata-se de uma canção com foco na auto-estima e auto-aceitação. Na linha de “Beautiful” da Christina Aguilera, “True Colors” da Cyndi Lauper e “Firework” da Katy Perry. Mas a música de Gaga, tem um tom mais agressivo e direto do que as músicas citadas. Por exemplo, ela não usa metáforas e vai direto ao ponto na questão LGBT: “Não importa ser gay, hétero ou bi/Lésbica, ou transgênero/Estou no caminho certo”. É o que diz um dos trechos da música.

"Born This Way" foi escrita pela cantora e produzida por ela em parceria com Fernando Garibay e o DJ White Shadow. A mixagem ficou por conta de David Russel. O lançamento da música será durante a cerimônia do Grammy Awards, no dia 13 de fevereiro.

Veja abaixo a letra orginal e a tradução.

“Born This Way”(“Nasci assim”) – Lady Gaga

INTRO:
It doesn’t matter if you love him, or capital H-I-M
Just put your paws up
’cause you were Born This Way, Baby
VERSO:
My mama told me when I was young
We are all born superstars
She rolled my hair and put my lipstick on
In the glass of her boudoir
“There’s nothing wrong with lovin’ who you are”
She said, “‘Cause he made you perfect, babe”
“So hold your head up girl and you’ll go far,
Listen to me when I say”
REFRÃO:
I’m beautiful in my way
‘Cause God makes no mistakes
I’m on the right track baby
I was Born This Way
Don’t hide yourself in regret
Just love yourself and you’re set
I’m on the right track baby
I was Born This Way
PÓS-REFRÃO:
Ooo there ain’t no other way
Baby I was born this way
Baby I was born this way
Ooo there ain’t no other way
Baby I was born-
I’m on the right track baby
I was born this way
Don’t be a drag – just be a queen
Don’t be a drag – just be a queen
Don’t be a drag – just be a queen
Don’t be!
VERSO
Give yourself prudence
And love your friends
Subway kid, rejoice your truth
In the religion of the insecure
I must be myself, respect my youth
A different lover is not a sin
Believe capital H-I-M (hey hey hey)
I love my life I love this record and
Mi amore vole fe yah (love needs faith)
REPETE REFRÃO + PÓS-REFRÃO
PONTE:
Don’t be a drag, just be a queen
Whether you’re broke or evergreen
You’re black, white, beige, chola descent
You’re lebanese, you’re orient
Whether life’s disabilities
Left you outcast, bullied, or teased
Rejoice and love yourself today
‘Cause baby you were born this way
No matter gay, straight, or bi,
Lesbian, transgendered life
I’m on the right track baby
I was born to survive
No matter black, white or beige
Chola or orient made
I’m on the right track baby
I was born to be brave
REPETE REFRÃO
REFRÃO:
I was born this way hey!
I was born this way hey!
I’m on the right track baby

Tradução
INTRO:
Não importa se você ama ele, ou A-M-A
Apenas coloque as mãos para cima
Porque você nasceu assim, Baby
VERSO:
Minha mãe me disse quando eu era jovem
Todos nós nascemos super stars
Ela arrumou meu cabelo e me colocou batom
No espelho do boudoir dela.
Não há nada errado em amar quem você é
Ela disse: “Por que ele te fez perfeita, baby”
“Então levante sua cabeça menina, e você vai longe.
Me ouça quando eu digo.”
REFRÃO:
Eu sou bonita do meu jeito
Deus não comete erros
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim
Não se escondas em arrependimento
APENAS se ame e você está pronto
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim
PÓS-REFRÃO
OOO Não há outra maneira
Eu nasci assim, baby
Eu nasci assim, baby
OOO Não há outra maneira
Eu nasci, baby
Eu estou no caminho certo
Eu nasci assim, baby
Não seja uma drag, apenas uma rainha
Não seja uma drag, apenas uma rainha
Não seja uma drag, apenas uma rainha
Não seja.
VERSO:
Se dê prudência
e ame seus amigos
criança do metrô alegre-se em sua verdade.
Na religião dos inseguros
eu devo ser eu mesmo, respeitar minha juventude.
Um amante diferente não é um pecador
Acredito N-E-L-E (Hey Hey Hey)
Amo minha vida, amo esse álbum e AMORE MI YAH FE VOLE (Amor precisa de fé!)
REPETIR REFRÃO + PÓS-REFRÃO
PONTE:
Não seja uma drag, apenas seja uma rainha
Não importa se você esta quebrado, ou sempre rico
Se você é negro, branco, bege, descendente de Chola
Libanês, Oriental
Não importa se as desabilidades da vida
Te deixaram de fora, excluído, ou provocado
Alegre-se e ame a si mesmo hoje
Porque você nasceu assim, baby!
Não importa ser gay, hétero ou bi
Lésbica, ou transgênero
Estou no caminho certo
Eu nasci para sobreviver
Não importa ser negro, branco ou bege
Chola ou feito no oriente
Estou no caminho certo
Eu nasci pra ser corajosa
REPETIR REFRÃO:
OUTRO / REFRÃO:
Eu nasci assim HEY!
Eu nasci assim HEY!
Eu estou no caminho certo baby

Balada weekend! Balada GLS para sexta, sábado e domingo!

Loading

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Oops! Record exibe beijo gay em telejornal

Loading


People! O tão comentado beijo gay na tv brasileira aconteceu ontem! Mas calma... nada do jeito que você está imaginando. Casualmente, o tal beijo – de língua e tudo – foi exibido na Rede Record. Jesus?! Isso mesmo!

Como podem ver aicma, durante uma transmissão ao vivo do telejornal da emissora, sobre a comemoração dos 457 anos de São Paulo, um beijo entre dois homens acontece enquando são exibidas imagens gerais do centro da cidade.

Só posso dizer duas coisas sobre: Oops! Adooooooro!

Sábado tem Festa @bsurda e o Muza sorteia entrada off!

Loading

People! No próximo sábado, acontece mais uma Festa @bsurda, uma das mais animadas de BH! Esta será nada mais nada menos que a 10ª edição e o tema é “Preto ou Branco”. A festa acontece a partir das 23h na Up E-Music (Avenida Getúlio Vargas, 1423, Savassi).

Segundo informações oficiais, audácia é a palavra da vez! Audácia é o nosso dresscode! A festa mais Sem Frescuras da cidade chega na décima edição em pleno verão e traz o calor do litoral fluminense Victor Prado. O carioca vem com o fervo da cidade maravilhosa exclusivamente para a primeira @bsurda do ano. Os Djs estão prontos para arrasar: Thiago Richard promete fazer uma estreia de sucesso; Shum e seu sol do oriente esquentam ainda mais a noite. Para animar ainda mais a festa, Jhoon é o nosso debutante. Além deles, claro, ed. e Barbara Deister.

EM TEMPO: A @bsurda ficou em segundo lugar no Prêmio Mixsórida 2010 na categoria festa! Ahazô!

Quer ganhar entrada off para a festa?

E tão bom quanto a festa em si, é o fato do Muza sortear uma cortesia para esta zuper-balada! Como você pode garantir a sua? Simples! Siga o twitter do site (@muzasite) e Retwitte a mensagem : “Meu dresscode é audácia e eu quero entrada off na festa @bsurda! http://bit.ly/dNAoe9 Siga o @muzasite, dê RT nesta msg e concorra!”. O resultado será divulgado neste mesmo post, no Bate-papo do Muza – “Vozes” e no twitter, na noite de amanhã, sexta-feira, 28 de janeiro! Participe!

RESULTADO PROMOÇÃO: O ganhador da promoção da Festa @bsurda foi o @denyr_DD!Parabéns! Envie Nome completo + Número RG para contato@muza.com.br

Dia gay no Rock In Rio? Rihanna, Katy Perry e Elton John tocam no mesmo dia!

Loading

Bee! Como já devem saber o festival Rock In Rio retorna ao Brasil em 2011. Mas dentre as atrações divulgadas até então, nenhum grande nome se destacou para nós, até que... foram confirmadas as presenças de Katy Perry, Rihanna e Elton John no evento. E o melhor: tudo no mesmo dia, o tal Dia Pop do evento, que pelo visto, poderia se chamar Dia Gay. Há! ;)

O trio ternurinha - tô inspirado hoje! – se apresentam no dia 23 de setembro, primeiro dia do Festival.

Os cem mil ingressos antecipados para o Rock In Rio 2011 já estão esgotados. O início da venda oficial de ingressos para o Rock in Rio 2011 será em julho e as entradas custarão R$ 190 (inteira). Até o dia 31 de maio os compradores do Rock In Rio Card poderão escolher, depois de anunciada a programação completa, a data de sua preferência para ir ao evento. Além dos shows, o ingresso dá acesso a todas as atividades do evento: roda-gigante, montanha-russa, kabbon, tirolesa, shopping com 30 lojas, Rock Street com shows de jazz, Espaço Moda com desfiles, Eletrônica, Palco Mundo e Sunset. Ufa!

Segundo a produção do evento, pouco mais de 10% da programação foi anunciada até o momento. Ah! Cláudia Leitte também vai se apresentar no mesmo dia que RiRi, Katy e A Tia (tô inspirado hoje 2) ! Gostaram do bônus? Abaixo, veja as principais atrações confirmadas para o Rock In Rio até o momento.

Clique aqui e acesse o site oficial para mais informações.

23/09: Dia Pop com Rihanna, Katy Perry, Elton John, Claudia Leitte
24/09: Dia Rock com Stone Sour, NX Zero, Red Hot Chili Peppers, Snow Patrol e Capital Inicial
25/09: Dia Metal com Slipknot, Metallica, Motörhead, Coheed and Cambria, Sepultura e Angra
01/10: Dia do Rock Alternativo com Coldplay e Skank

Com informações e texto do UOL Música

Clipping: Muza é notícia no site Mixsórdia

Loading

People! O Muza é um dos destaques da semana no site Mixsórdia, guia semanal on-line e gratuito de cultura e diversão em Belo Horizonte. Na notícia, também são citados os colunistas do Muza (Gabriel Cadete, Daniel Arruda, Jef Neto e Daniel Mazzaro), o que deu um brilho todo especial ao texto! ;)

O Mixsórdia existe desde 2009 e é feito pelos seus idealizadores,o designer Marcelo Lustosa e o jornalista e DJ Daniel Silva, e pela jornalista Débora Fantini.

Clique na imagem acima para ler a notícia sobre o Muza!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

BH terá evento para discutir o Dia Nacional da Visibilidade de Travestis e Transexuais

Loading

People! Como sabem, no dia 29 de janeiro é celebrado o Dia da Visibilidade de Travestis e Transexuais no Brasil. Como você também já deve saber pelo Muza, as cidades de Contagem e Betim, próximas a BH, realizarão atividades em razão do Dia. Se você achou que Belo Horizonte ficaria de fora, ledo engano!

Na próxima segunda-feira, 31 de janeiro o Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT da Universidade Federal de Minas Gerais (Nuh/UFMG) e parceiros promovem, no dia 31 de janeiro (segunda-feira), às 18 horas, o debate “Direitos Humanos e Cidadania Trans: Acessando Políticas Públicas”. O evento ocorrerá no auditório do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais - RP-MG, um dos parceiros na realização do Debate. Endereço: Rua Timbiras, 1.532, 6º andar, Lourdes. A entrada é franca.

Na programação, a exibição de documentários que retratam a vivência de travestis e transexuais em Belo Horizonte e em Juiz de Fora produzidos pelo Nuh/UFMG. Aliás, o documentário “Memorial Travestis e Transexuais de BH”, que será exibido no evento, foi eleito um dos 10 momentos + gays e inspiradores de BH em 2010 pelo Muza.

O evento conta ainda com o lançamento de um blog no qual travestis e transexuais poderão contar suas experiências. A mesa de debate traz nomes de importância nacional como Keila Simpson, vice-presidente-trans da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Gustavo Bernardes, coordenador LGBT da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, e Guilherme Silva de Almeida, assistente social e professor do PURO/UFF.

A coordenadora social do projeto Aquenda, Mona!, desenvolvido pelo Nuh/UFMG, Liliane Anderson, ressalta a importância de projetos e ações voltadas para a população de travestis e transexuais: “Somos muitas, mas somos vistas sempre nas esquinas da noite e raramente durante o dia. Já esta na hora de termos direitos, de ocuparmos os espaços das escolas, de termos tempo para o lazer e principalmente oportunidade de acesso ao mercado de trabalho formal”.

Para Anyky Lima, vice-presidente do Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual (Cellos-MG), entidade que também promove o evento, o Dia da Visibilidade Trans é importante: “É muito significativo para nós, travestis e transexuais, pois temos como objetivo mostrar que existimos e somos seres humanos iguais a qualquer um - nem melhores, nem piores. Nosso dia é para reivindicar direitos, igualdade e respeito em qualquer lugar em que estejamos”.

Veja abaixo a Programação completa do evento

PROGRAMAÇÃO

18h às 19h – Recepção

Exibição dos vídeos do Nuh e do Blog Trans

Gisela Lima - Comunidade Travesti de Belo Horizonte

19h às 20h - Mesa de Abertura

Núcleo Direitos Humanos e Cidadania LGBT da UFMG - Marco Aurélio M Prado

Conselho Regional de Psicologia - Minas Gerais - Representante da atual Diretoria

CELLOS – TRANS - Anyky Lima

CRLGBT – Municipal - Carlos Magno

CRGLBTTT – Estadual - Walkiria La Roche

20h às 22h -

Mesa de Debate

Mediador: Marco Aurélio M. Prado – Nuh/UFMG

Visibilidade e Experiência de Travestis e Trans Glenda Oliveira – Comunidade Travesti de Belo Horizonte

A luta Trans no Brasil e as políticas públicas Keila Simpson – vice - trans da ABLGT

Saúde e Políticas Públicas para Homens e Mulheres Trans - Guilherme de Almeida – UFF – a confirmar

As ações do Governo Federal - Gustavo Bernardes - coordenadoria LGBT da SEDH/Governo Federal – a confirmar

NAC – LGBT - Projeto Piloto na Segurança Pública em Belo HorizonteWellington Peres – DIOPF/MG – a confirmar

Serviço
Debate “Direitos Humanos e Cidadania Trans: Acessando Políticas Públicas”.
Data e horário: 31 de janeiro (segunda-feira) a partir das 19h
Local: auditório do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais (Rua Timbiras, 1.532, 6º andar, Lourdes).
Entrada franca.

Contagem e Betim terão eventos no Dia Nacional da Visibilidade das Travestis e Transexuais

Loading

People! No dia 29 de janeiro, próximo sábado, é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Travesti e Transexual. Para comemorar o Dia, atividades pautadas nos T´s da sigla LGBT – Travestis, Transexuais e Transgêneros – acontecerão em cidades próximas a BH: Betim e Contagem.

Em Betim, no dia 27 de janeiro, próxima quinta-feira, o Movimento Gay Betim (MGB) juntamente com a Coordenadoria Municipal da Diversidade de Betim e com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde/ SEPADI, Gestão Estratégica e Participativa e a Educação Popular em Saúde realizam o “1° Café da tarde com uma roda de conversa com as trans (travestis e transexuais) de Betim”.

O evento acontece das 15 às 17h na rua Águas Marinhas, 195, bairro Nova Baden. No momento, também será feita a leitura do poema “Historia de Todas Nós!”. O objetivo da 1º Café da Tarde” é dar visibilidade as travestis e transexuais residentes no município de Betim e conversar sobre as questões específicas de Saúde Pública para o segmento Trans.

Em contagem, no dia 29, próximo sábado, o Movimento Organizado de Combate à Homofobia (MOOCAH) realiza um ato público na Praça do Iria Diniz, no horário das 9h às 19h. Além do Ato em si, também serão arrecadadas doações, em geral, à Cruz Vermelha para as vítimas das chuvas no Brasil.

O Ato tem o intuito de mostrar para cidade que Contagem tem travestis e transexuais e que são necessárias inclusão e ampliação dos Direitos destes para que exerçam com dignidade sua cidadania. No momento, os militantes do MOOCAH irão realizar pesquisas e abordagens com entrega de preservativos visando a informação e prevenção das DST’s/AIDS.

Segundo Ana Paula Ferreira, uma das diretoras do MOOCAH, o Grupo aposta na Solidariedade para quebrar Preconceitos: “Nosso segmento é estigmatizado por pessoas mal informadas aqui em Contagem, como um movimento sectário e que só faz festa, quem conhece e participa do Movimento LGBT efetivamente sabe que a realidade é outra, ano passado em nossa primeira atividade para conseguir recursos para nossa instituição também aproveitamos a oportunidade para recolher doações de mantimentos para uma Creche de Crianças carentes em uma Região com histórico de homofobia na cidade, desta forma além de dar visibilidade para nossa comunidade e cobrar nossos Direitos, nós também rompemos barreiras com outros setores que não tinham contato e uma visão positiva dos Homossexuais.”

Para a Presidente do MOOCAH, Carolina Benzaquen, o Ato não poderia ter melhor data para acontecer “O Brasil vive hoje duas situações de fragilidade, a primeira decorrente dos desastres naturais ocorridos em todo sudeste e a segunda a enorme onda de preconceito na Internet com a participante do Big Brother, Ariadn. Assim que iniciou o maior reality show do país veio com ele um Tsunami de piadas sem a menor graça pelas redes sociais, e principalmente Twitter, ferramenta da Internet que tem sido usada constantemente para estigmatizar a reforçar preconceitos nas mais variadas esfera”. Desta forma, Carolina reforça
a proposta de unir visibilidade e solidariedade no evento.” Neste sentido, nosso Ato alem de recolher doações para Cruz Vermelha, também irá dar visibilidade para as Travestis e Transexuais Contagenses, que nós sabemos que não são poucas, grande parte da população já percebeu o enorme número de profissionais do sexo deste segmento nos pontos da Cidade Industrial, o que falta é os Gestores do Municípios também perceberem e se perguntarem, porque elas estão lá?! Porque apoio paliativo para atividades de visibilidade é fácil é oportuno, o difícil é fazer política pública efetiva” Completa a Presidente.

Com informações do site oficial do MOOCHA

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Filme de temática gay é indicado a quatro prêmios Oscar (inclusive melhor filme)

Loading

Bee! O filme “Minhas mães e meu pai” (The Kids Are All Right) está simplismente ahazando nas premiações de cinema em 2011. Depois de ganhar 3 prêmios no Globo de Ouro, inclusive o de melhor filme de comédia ou musical, agora é a vez do filme ir mais longe: Oscar! Isso mesmo! Na relação oficial de indicados divulgada hoje o filme recebeu 4 indicações, inclusive o de melhor filme! As outras indicações foram: Roteiro Original, Melhor Ator Coadjuvante (Mark Ruffalo) e melhor atriz (Annette Bening). O Oscar acontece no dia 23 de fevereiro. Aguardemos! De qualquer forma, a indicação já é um belo destaque ao filme e sua temática LGBT.

“Minhas mães e meu pai” traz na história a atriz Julianne Moore vivendo uma relação estável com outra mulher- papel de Annette Bening. Tudo anda bem, até que um filho delas, gerado através de inseminação artificial, o qual elas suspeitam que sejam gay, resolve querer saber quem é o pai biológico. No encontro, a personagem de Moore acaba se envolvendo com o tal pai, interpretado por Mark Rufallo (Calor!).

Abaixo você pode ver o trailer legendado do filme. Infelizmente, “Minhas Mães e Meu Pai” ficou pouquíssimo tempo em cartaz nos cinemas de BH em 2010. Vamos torcer para que o burburinho do Oscar traga o filme de volta as salas de exibição da cidade ( e de todo o mundo!).

Clique aqui para ver a relação completa dos indicados ao Oscar 2011. Como podem ver, nada de “Burlesque”... Xtina Cry at moment! ;)

EM TEMPO: O documentário "Lixo extraordinário", uma coprodução entre Brasil e Reino Unido, que mostra o trabalho do fodástico artista plástico Vik Muniz com catadores de lixo no Rio de Janeiro, foi indicado ao Oscar de Melhor Documentário. Já tô na torcida! O documentário é dirigido pela inglesa Lucy Walker e os brasileiros João Jardim e Karen Harley.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Número de assassinatos contra homossexuais aumenta no Brasil

Loading

People! Anualmente, o Grupo Gay da Bahia (GGB) divulga um relatório no qual consta o número de assassinatos contra homossexuais no Brasil. O relatório de 2010 ainda não está completo, mas Luiz Mott, fundador do GGB e antropólogo já veio a público divulgar o aumento em relação ao ano anterior.

Se em 2009, houve o registro de 198 mortes de homossexuais, em 2010, o número de assassinatos chega a 250. Um aumento de aproximadamente 25%. Os dados são obtidos através de notícias em jornais, revistas e internet. Sendo do total apresentado, 65% das mortes foram de gays, 32% de travestis e 3% de lésbicas.

Em entrevista ao jornal O Tempo, Luiz Mott afirmou que o Brasil continua sendo o país no qual mais morrem cidadãos LGBT. Superando, inclusive, países onde a homossexualidade gera pena de morte. “O Brasil aparece há décadas como campeão mundial de assassinatos e homossexuais. Aqui, mata-se dez vezes mais que nos sete países onde há pena de morte para homossexuais. É uma situação de calamidade pública”. Ele também ressaltou que o aumento da visibilidade LGBT leva a uma maior exposição do homossexual que passa “a enfrentar os homofóbicos mais radicais”.

Já em entrevista ao Terra Magazine ele declarou que falta efetivas ações políticas para combater a homofobia: “Há mais de uma dezena de leis no Congresso Nacional, orientadas para a cidadania homossexual. Para aprovar essas leis, é necessário vontade política e pressão do poder Executivo junto ao Legislativo. A bancada evangélica e a Conferência Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) são extremamente homofóbicas e impedem a aprovação dessas propostas”.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Casal gay de Glee é capa e “recheio” de revista!

Loading

Bee! Com podem ver acima, os atores Darren Criss e Chris Colfer, o futuro casal gay na badalada série Glee, os personagens Blaine e Kurt respectivamente, é capa e recheio da também badalada revista Entertainment Weekly. Abaixo, você pode ver um vídeo com o making off do ensaio fotográfico feito para a revista.

Na matéria, como podemos ver na chamada da capa, é abordado não só o fofo casal gay de uma série da moda, mas vai além. Mostra como os personagens gays estão mudando “corações, mentes e Hollywood”! Para isso, a revista mostrou a história de casais gays em séries como My So-Called Life e The O.C. e séries mais atuais como 90210, Pretty Little Liars e Skins.

EM TEMPO:
Por falar em Glee e sua “temática homossexual”. Foi confirmado que a atriz Anne Hathaway será a tia lésbica de Kurt, papel de Chris Colfer, na série. A idéia surgiu da própria atriz. O criador de Glee, Ryan Murphy declarou: "O que é ótimo é que Anne criou seu próprio personagem. A gente só teve que ir até ela, que disse 'sério?'. Nos a adoramos", disse ele durante o Globo de Ouro. Aguardemos!




Fonte: Ego e Popwatch

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Wanessa vai fazer show em boate gay de BH (na próxima semana)!

Loading

Bee! Isso mesmo! Wanessa, ex-Camargo e atual queridinha do público gay nacional que gosta de musica dance made in Brazil, vai fazer show em BH! O show será na Josefine, uma das boates gays mais conceituadas na noite GLS da cidade. Se você gostou da idéia, não vai ter que espera muito não! O show da Wanessa, na Josefine, acontece no dia 29 de janeiro (sábado), ou seja, em menos de 10 dias.

Segundo informações oficiais, recebidas pelo Muza com excluZividade, o show será repleto de surpresas, embalado por uma produção suntuosa, ambientada pelos comentados toques de sex appeal cheios de “high tech” que criaram a identidade da “nova” Wanessa.

O show que virá para BH segue a linha dos apresentados por Wanessa em boates gays de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Recentemente, ela atingiu recorde de público em uma das mais conceituadas baladas gays do país, a The Week paulistana.

No repertório o público pode esperar os atuais hits de Wanessa, cantados em inglês, como “Fly” (parceria com Ja Rule), “Worth It”, “Tuesday” (parceria com o DJ brasileiro Carlo Dall´Anese) e “Falling For U”, parceria com o DJ Filipe Lira e que foi eleita pelo Muza como uma das 10 músicas + gays e inspiradoras de 2010!

Além de Wanessa, a balada terá os DJs Bee Je e Allan Natal (Eleito pelo Muza um dos 10 momentos + gays e inspiradores de BH em 2010).

SERVIÇO:
“WANESSA” JOSEFINE
Sábado, 29 de janeiro – a partir das 23h
Josefine: Rua Antônio de Albuquerque, 729, Savassi
Atrações: WANESSA e DJ´s(Allan Natal e Bee Jee)
Valores: R$ 45 sendo R$ 10 em drinks até 0h
Mais Informações: (31) 31 3269-4405
Site:
www.josefine.com.br

Para aquecer... veja abaixo o vídeo-clipe de “Worth It”!

Ouça remix de nova música da Lady Gaga em vídeo da grife Mugler

Loading


Bee! Acima você pode ver um vídeo da nova campanha da Thierry Mugler, que no momento está com Nicola Formichetti -reconhecido na moda como stylist de Lady Gaga e editor da Vogue Hommes Japan – como novo diretor criativo da grife.

No vídeo, você pode ver o muso de Nicola Formichetti: Rick (ou Rico) Genest, conhecido como Zombie Boy. Além de ouvir um remix de uma musica inédita de Lady Gaga, que estará no aguardado novo disco da cantora “Born This Way”. Esta mesma música também serviu de trilha para o desfile da Mugler que aconteceu essa semana na Semana de Moda Masculina de Paris. Ah! Rick Genest também desfilou.

O vídeo é fantástico e o remix é muito bom. Dizem que a música se chama “Scheiße” (que em alemão significa “merda”). Fato é, que Gaga fala algumas frases em alemão na musica e inicia a canção dizendo “I don’t speak german/But i will if you like” (Eu não falo alemão/Mas irei se você quiser).

Clique no vídeo acima e inspire-se! Adorei "o combo" moda + visual + música!

Fonte: Criativa

União civil homossexual será discutida no Supremo Tribunal Federal em fevereiro

Loading

People! Um importante passo para o reconhecimento legal das uniões homossexuais no Brasil será dado já em fevereiro. Isso mesmo! No mês que vem, o Supremo Tribunal Federal (STF), o órgão máximo do poder judiciário brasileiro, decidirá sobre a validade jurídica das uniões entre pessoas do mesmo sexo.

A ação que será julgada é de autoria do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Em fevereiro de 2008, ele propôs que o STF estendesse o regime jurídico das uniões estáveis às uniões homossexuais de funcionários públicos do estado. Assim, os casais gays passariam a ter os mesmos direitos dos casais héteros no estado do Rio de Janeiro.

O voto será levado ao plenário. Segundo informa O Globo, com a posição do STF definida haverá parâmetro para a atuação de todo o Judiciário. Com isso, homossexuais de todo o país poderão ter os mesmos direitos de casais heterossexuais, como dependência em plano de saúde, partilha dos bens em caso de separção, pensão por morte, dentre outros.

Aguardemos! É melhor esperar, mas dizem que nos corredores do Supremo o parecer será favorável. Será? Aguardemos (ansiosos)!

Balada weekend! Balada GLS para sexta, sábado e domingo!

Loading

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Momento Muza 2010 - Os 10 Momentos + gays e inspiradores de BH!

Loading

People! Felizmente 2010 foi um bom ano aos homossexuais de Belo Horizonte! É isso aí! Afinal, foram diversos eventos gratuitos e pagos que levaram ao público LGBT da cidade informação e entretenimento! Desta forma, o Muza, pela primeira vez, realiza o “Momento Muza 2010 - os 10 Momentos + gays e inspiradores de BH!”. São momentos que se destacaram no último ano por diversas razões. Seja pelo pioneirismo, criatividade, continuidade e sucesso de público. O que o Muza objetiva, acima de tudo, ao fazer a listagem abaixo, é o resgate histórico, memória e proposta de reflexão dos acontecimentos relacionados ao universo gay de Belo Horizonte em 2010. O Muza informa que tod@s as pessoas/projetos/ações listados abaixo receberão certificados excluZivos referente a sua inclusão no “10 momentos + gays e inspiradores de Belo Horizonte em 2010!”. Parabéns a todos que estão na listagem abaixo e a todos que também não estão e que contribuíram para que os gays de Belo Horizonte tivessem uma vida mais inspiradora! O que está de acordo com a proposta do Muza!



Em 2010 o público gay de BH ganhou mais uma opção de balada GLS. Trata-se da boate “On Board”, que reservou as sextas-feiras da casa, através da festa/projeto “Insônia”, para o público gay da cidade. Localizado fora do eixo-Savassi, mais precisamente na região do Prado, a On Board é um espaço bonito e sofisticado, que o Muza já teve a oportunidade de conferir. Desta forma, os gays de plantão podem celebrar! Desde quando foi criada, em outubro do ano passado, a “On Board” dedica as sextas-feiras para as amigues!

09 :: DJ Allan Natal


2010 foi um bom ano para o DJ Allan Natal, conhecido nas noites GLS da capital mineira por tocar club, house e house progressivo. Em 2010 ele conseguiu mais uma vez emplacar hits nas paradas de música eletrônica do México! Isso mesmo! Um dos destaques foi a parceria com a cantora Leilah Moreno na música “Rhythm is a Dancer”, regravação de um sucesso dos anos 90. No último ano ele também realizou parceria com a cantora Jow Welch na música “Lollipop”. Em 2010, Allan Natal, que é de BH e tem apenas 23 anos, também foi pioneiro no Brasil com suas performances Live “P.A.”, na qual se apresenta ao vivo com um moderníssimo teclado. Outro reconhecimento do trabalho de Allan Natal foi ele ter sido eleito o melhor DJ fora do eixo Rio-São Paulo pela rádio gls online Omega Hitz.

08 :: Espetáculo teatral “Bent”


Teatro não é algo fácil de se fazer. Os artistas e produtores culturais sabem disso. Ainda mais, quando a temática não é popular e envolve questões LGBT. Mas mesmo com vários fatores adversos, inclusive a falta de patrocínio, o ator e diretor do espetáculo “Bent”, Kleber Junqueira, resolveu bancar, literalmente, o espetáculo. O resultado é uma das montagens teatrais mais bem feitas na cena cultural de BH em 2010. Tanto que, assim como o Muza, o espetáculo “Bent”, mais precisamente seus produtores, receberam o prêmio “Direitos Humanos e Cidadania LGBT de BH”, promovido pela organização da 13ª Parada do Orgulho LGBT de BH e do Centro de Luta Pela Livre Orientação Sexual (Cellos – MG). "Bent" é uma história do dramaturgo americano Martin Sherman, de 1979, que narra a perseguição aos homossexuais na Alemanha durante a ascensão do nazismo. A peça é centrada no cotidiano de dois personagens, Max e Horst, num campo de concentração, onde judeus, homossexuais e prisioneiros políticos tentam sobreviver. Contrariando este ambiente árido para o nascimento de qualquer relação afetiva, Max e Horst desenvolvem uma relação sexual e amorosa.

07 :: A simpatizante boate Up


Tão bom quanto uma boate gay são as boates simpatizantes, digamos assim. Aquelas ditas “alternativas”, que resolvem dedicar uma festa ou outra, ou em alguns casos, até um dia da semana, ao público LGBT. Neste sentido, a boate Up , localizada no coração da Savassi – ali na Praça, praticamente - se destacou. Para se ter uma idéia, três das quatro festas que o Muza realizou em 2010 aconteceram lá. Além disso, a Up abriu espaço para a festa “Catch Me Party”, que tem a proposta de reunir o público lésbico que gosta de música dance-eletrônica-alternativa, e para festas de música pop: “Pop It Up” e a “Poplicious”. Ainda há o fato de Drag Queens e Go Go Boys terem se apresentado em festas da Up em 2010. Quem ganha com essa simpatia? O público, a própria Up e, principalmente, Belo Horizonte, que conta com um espaço que não tem medo de arriscar e oferecer às pessoas mais opções de diversão!

06 :: I Semana da Visibilidade Lésbica


Em agosto, aconteceu pela primeira vez em BH a “Semana da Visibilidade Lésbica”, promovida pela Associação Lésbica de Minas (Alem). Durante a semana, os presentes puderam prestigiar, gratuitamente, filmes, debates, oficina sobre sexualidade e até uma partida de futebol só com lésbicas. Uma ótima oportunidade de reunir informação e entretenimento às homossexuais e aos simpatizantes da cidade.

05 :: I Mostra Audiovisual Diversidade em Foco – Putras Sexualidades em Cena


Em setembro, foi realizado simultaneamente em BH, Ribeirão das Neves e Santa Luzia a “I Mostra Audivisual Diversdiade em Foco – outras sexualidades em cena”. O evento exibiu gratuitamente filmes de temática LGBT e sessões seguidas de rodas de conversa com convidados. A Mostra foi uma realização do projeto Educação sem Homofobia, do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (Nuh) da UFMG, em parceria com o Núcleo de Psicologia Política (NPP/UFMG); o Grupo Universitário em Defesa da Diversidade Sexual (GUDDS!); e a Articulação Feminina do GUDDS! (AFGUDDS!). Foi uma ótima oportunidade de não só ver os filmes, mas também de pensar e discutir as questões LGBT ali apresentadas.

04 :: Documentário “Memorial Travestis e Trans de BH”


O projeto Educação Sem Homofobia produziu em 2010 o documentário “Memorial Travestis e Trans de BH”, que traz depoimentos que relatam experiências de vida e sonhos de travestis e transexuais que vivem na capital mineira. Sem dúvida alguma, um importante registro sobre a história LGBT da cidade. O vídeo, que você pode ver na íntegra clicando no título acima, foi produzido para o evento "Lembranças, Respeito e Dignidade - Travestis e Transexuais", parceria entre a UFMG e o movimento LGBT de Belo Horizonte. Interessante também é saber que o vídeo, por se tratar de uma ação do Projeto Educação Sem Homofobia, pode ser utilizado em sala de aula pelas educadoras e educadores que participaram das capacitações feitas pelo Projeto ao longo de 2010.

03 :: 13ª Parada do Orgulho LGBT de BH

Muitos criticam as Paradas do Orgulho LGBT que acontecem em todo o país, mas fato é, que trata-se de um evento para celebrar a diversidade do amor e dar visibilidade aos LGBT da sociedade. Assim, é gratificante saber que BH já realizada há mais de uma década sua Parada, que a cada ano cresce em público e respeito. Em 2010, a Parada reuniu cerca de 50 mil pessoas nas ruas da capital, recorde de público – com a presença de artistas da noite GLS mineira, políticos e militantes - e teve como tema “Nosso Voto quer Respeito, nossa Luta é por Direitos!”, ressaltando a importância das políticas públicas em prol dos LGBT e do voto consciente em um ano de eleições no Brasil. Felizmente, não houve nenhum incidente de violência ou roubo graves/significativos. Assim, ao longo de toda a Parada o evento ocorreu de forma pacífica e festiva. Um momento para se orgulhar, literalmente!

02 :: Festa Caramelo Sundae

Os domingos de BH se tornaram mais animados e coloridos em 2010. Isso, por causa da festa “Caramelo Sundae” e seu público GLS. Durante o último ano, todo domingo, o Club Velvet realizou (e continua realizando) uma edição da Caramelo, que aos poucos foi se tornando um habitué para o gay da cidade que gosta de uma balada descontraída, animada e repleta de música pop. Com a Caramelo, o gay de BH contou com mais uma nova opção de diversão. Ao longo de um ano, comemorado em dezembro de 2010, a Caramelo trouxe destaques da internet para a festa – como Cleycianne e Ximbica -, realizou edições externas e até uma super festa de réveillon. Em 2010 o club Velvet encontrou o seu espaço nas noites de BH e soube se reinventar e parte deste mérito, se deve, sem dúvida, à festa Caramelo Sundae e ao seu fiel público GLS!

01 :: Reabertura do Centro de Referência pelos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CRLGBT).

Talvez tenha passado despercebido por muitos, mas não poderia passar pelo Muza, que tem o seu foco no público gay de Belo Horizonte. Em julho de 2010, foi reaberto o Centro de Referência pelos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CRLGBT) da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte. O CRLGBT é um serviço da Secretaria Municipal Adjunta de Direitos e Cidadania vinculado a Coordenadoria Municipal de Direitos Humanos. Seu objetivo é combater a violência e a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero em prol da cidadania da comunidade LGBT, através de ações como atendimento e orientação jurídica e psicossocial às vítimas de discriminação ou violência física e psicológica por orientação sexual e identidade de gênero; e desenvolvimento de ações de formação para a sociedade em geral e agentes públicos municipais. Para tanto, o atendimento é feito por uma equipe composta por supervisor técnico, advogado e psicólogo. Desta forma, a reabertura do CRLGBT é uma conquista para todos os homossexuais, bissexuais e transgêneros que vivem na capital mineira. Aos interessados, o CRLGBT localiza-se na rua Espírito Santos, 505, 11º andar, Centro. Telefone: (31) 3277-4128. Acima, você pode ver uma imagem com a equipe do CRLGBT.

Globo de Ouro trouxe destaque a temática gay. Glee e o filme “Minhas mães e meu pai” foram premiados!

Loading

People! Ontem aconteceu mais uma edição do Globo de Ouro! No que diz respeito a temática gay (Há!) tivemos muito que comemorar!

Os atores de Glee, que são homossexuais declarados na vida real, foram premiados. Chris Colfer, o Kurt na série, foi eleito a como “melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme de TV”. Já a atriz Jane Lynch, que interpreta a professa Sue Sylvester, foi eleita a melhor atriz da mesma categoria. Além disso, a série Glee – que foi eleita pelo Muza como o momento mais gay e inspirador de 2010 – recebeu o prêmio de “Melhor série cômica ou musical”.

Outro destaque da premiação foi o filme “Minhas mães e meu pai”, que traz na história a atriz Julianne Moore vivendo uma relação estável com outra mulher- papelda atraiz Annette Bening. O filme foi eleito o “Melhor filme musical ou comédia” e a atraiz Annette Bening foi consagrada como “Melhor atriz de musical ou comédia”.

Já o filme “Burlesque”, que também concorria ao prêmio de “Melhor filme musical ou comédia” , ficou apenas com prêmio de melhor “Canção Original” pela música “You haven’t seen the last of me”, que no filme é interpretada por Cher. Na mesma categoria, a música “Bound To You”, também de Burlesque, interpretada e composta por Christina Aguilera concorreu mas não ganhou.

Clique aqui para ver a relação dos outros ganhadores divulgados pelo G1. Adianto, que o filme “A Rede Social”, que é ótimo, ganhou o prêmio de melhor filme. Abaixo, você pode ver o discurso de Chris Colfer, ao receber seu prêmio. Ahazô bee!

Christina Aguilera será a nova garota propaganda da CeA

Loading

Bee! Sim, sim sim! Depois deBeyoncé a nova muza pop que vai estrelar uma coleção em parceria com a C&A é a Christina Aguilera! Ou melhor, será Xtina, como foi divulgado no site da C&A, o que você pode ler abaixo, na íntegra:

“Várias pessoas estão perguntando no twitter e o no blog se Christina Aguilera irá lançar coleção em parceria com a C&A, e a nossa resposta é SIIIIIIIIIIIIM. Mais uma coleção C&A Pop Fashion, aproximando o estilo de DIVAS como Beyoncé, Fergie e Nicole Scherzinger e agora arrasando teremos a Xtina. Ah e pra quem está se perguntando se ela vem pro São Paulo Fashion Week a resposta também é SIIIIIIIIIIIIM. Ansiedade mode ON”

Christina virá ao Brasil no final de janeiro para fazer as gravações. Segundo rumores, a coleção se chamará “CA para C&A” e será lançada em março. Aguardemos!

Com informações do I Love Aguilera

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Veja “sapatos” inspirados em Madonna e Olívia Palito (!?!)

Loading

Bee! Acima e abaixo você pode ver os sapatos ( ou seriam obras de arte?) criadas pelo designer Kobi Levi, que nasceu em Jerusalém. As inspirações são as mais diversas, tendo a cultura pop como uma das principais referências. Afinal, acima podemos ver sapatos inspirados no clássico visual de Madonna - que inclui o bustiê de Jean Paul Gultier - em sua clássica turnê Blond Ambition, dos anos 90. Abaixo, você pode ver outra inspiração pop de Levi: Olívia Palito (isso mesmo!). Na sequência, outro sapato – digo, escultura – que a-do-rei: a inspiração? estilingue! Clique aqui para ver o site oficial do artista.

Com informações do Oi, Tudo Em Cima?